Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Primigesta, 15 anos de idade, com 35 semanas de gravidez, procura a maternidade com cefaleia, escolomas e pressão arterial de 150x100 mmHg. A melhor conduta, nesse caso é:

A
indicar sulfato de magnésio e aguardar o trabalho de parto espontâneo, na dependência das provas laboratoriais materna e de vitalidade fetal.
B
indicar sulfato de magnésio e induzir parto ou realizar cesárea, de acordo com as condições maternas.
C
indicar sulfato de magnésio, corticoterapia, e induzir parto ou realizar cesárea após 24 horas, de acordo com as condições obstétricas.
D
não indicar sulfato de magnésio e, sim, promover resolução imediata do caso, por cesárea.
E
indicar sulfato de magnésio e induzir parto ou realizar cesárea após 24 horas de início do tratamento.
Paciente de 8 anos com tumefação região de ângulo da mandíbula Esquerda. Realizada amilasemia com resultado de 350 U/I (normal até 100). Ao orientar os pais dessa criança, devemos saber que a complicação mais frequente neste caso é:
A passagem de sonda nasogástrica é contraindicada em politraumatizados em qual situação:
Considerando-se a temática do desenvolvimento psicomotor nos 2 primeiros anos de vida, assinale a alternativa CORRETA.
Avalie as assertivas como verdadeiras ou falsas. Em seguida, assinale a alternativa CORRETA. I. Alucinação visual é a percepção deformada de um objeto real e presente. II. O indivíduo que sente que seu intestino está secando, o seu fígado despedaçando, o seu cérebro encolhendo está apresentando alucinações cenestésicas. III. Fabulação é a alteração do pensamento em que o indivíduo fica imaginando uma situação desejada. IV. Não se pode dizer que há diferença entre ansiedade e angústia. V. A impossibilidade de um indivíduo entender uma metáfora ou um pensamento abstrato é uma alteração do pensamento que é chamado “pensamento inibido”.
Compartilhar