Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Primigesta, 33 anos, chega ao pré-natal com 28 semanas de gestação, considerada a data da última menstruação. Ainda não realizou nenhum exame complementar. Na realidade, esta é a primeira vez que vai a um médico. Ao exame físico, constata-se feto único, FU: 26 cm, BCF: 144 bpm, regular, e PA: 160 x 100 mmHg. O exame destinado a fazer o diagnóstico diferencial entre Doença Hipertensiva Específica da Gravidez (DHEG) e hipertensão crônica é:

A
dopplerfluxometria obstétrica colorida.
B
proteinúria de 24 horas.
C
ultrassonografia obstétrica.
D
dosagem de albumina sérica e plaquetas.
E
dosagem do ácido 4-hidroxiindolacético.
Um paciente de 55 anos vem à consulta com queixa de claudicação intermitente em membro inferior esquerdo para 500 metros. Ao exame: ausência de pulsos poplíteos e distais. A conduta a ser adotada é:
Um paciente 75 anos, masculino, hipertenso severo, controlado com medicação, insuficiência renal crônica não dialítica procura o pronto-socorro com dor abdominal, distensão abdominal, vômitos. É realizado rx do abdome agudo que evidencia quadro de obstrução intestinal. O paciente é levado à laparotomia exploradora, onde é encontrada neoplasia obstrutiva em cólon direito. Qual a conduta mais apropriada?
Assinale a alternativa falsa:
Em relação à varicela, indique a alternativa incorreta.
Compartilhar