Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Doenças Respiratórias

Primigesta, após 4 consultas de pré-natal sem intercorrências, chegou à maternidade com dilatação total. O parto ocorreu de imediato e nasceu uma criança pesando 1.430 g, com pele fina e lisa, com capurro somático de 32 semanas. Após a recepção, a criança encontrava-se corada, com algumas retrações intercostais e frequência respiratória de 70 irpm. Suspeitou-se de membrana hialina, cujo principal diagnóstico diferencial é:

A
Pneumonia bacteriana neonatal.
B
Taquipneia transitória do recém-nascido.
C
Aspiração de mecônio.
D
Hipertensão pulmonar persistente do recém-nascido.
Em relação às características da infecção por Toxoplasma gondii em gestantes e em RN, são apresentadas as seguintes assertivas. I. Os RN de mães que se infectam no 3º trimestre da gestação apresentam comprometimento grave da doença. II. A maioria das mães de RN com toxoplasmose congênita é infectada antes da gestação. III. A maioria dos indivíduos infectados congenitamente e não tratados apresentará retinocoroidite até a adolescência. Qual a alternativa está correta?
Paciente do sexo masculino, 38 anos, pedreiro, casado, natural e procedente de Natal, é admitido em pronto-socorro queixando-se de dor abdominal difusa e febre alta, que se seguiu a sonolência. O acompanhante revela que o quadro se instalou nas últimas 48 horas e que o paciente é portador de cirrose hepática de etiologia alcoólica. Ao examiná-lo, o médico evidencia sonolência, miose, taquisfigmia, temperatura de 38 graus centígrados, torpor. Não há sinais de irritação meningo-radicular. A ausculta cardiopulmonar não acrescenta novos dados. O exame abdominal revela ascite tensa. A intervenção diagnóstica correta para esse caso é:
No próximo item é apresentada uma situação clínica hipotética envolvendo a interface da pediatria com a cirurgia pediátrica, seguida de uma assertiva a ser julgada. Por ocasião da visita a uma unidade básica de saúde para vacinar o filho de 4 meses de idade, a mãe informou que, quando da primeira dose da vacina contra difteria, tétano e coqueluche (DPT) combinada ao Hib, a criança apresentou febre, alguma hiporresponsividade e tumefação dolorosa no local da aplicação. Revendo a história, o pediatra não identificou fator de risco para doença neurológica. Nessa situação, o médico deverá recomendar a aplicação de vacina DPT acelular.
Uma paciente de 64 anos foi internada por dor abdominal em faixa, em andar superior do abdome, vômitos e icterícia. O abdome estava pouco distendido, e com massa palpável em epigástrio. Exames:Leucócitos:18000/mm³, amilase:1200U/L e bilirrubinas totais:4mg/L. Ultrassom de abdome mostra vesícula biliar distendida, com paredes de 4mm, repleta de cálculos, e colédoco 0,6 cm de diâmetro . A TC mostra necrose de 50 % do pâncreas e liquido livre na cavidade peritonial. Esta paciente apresenta pancreatite aguda grave:
Compartilhar