Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Primigesta com 32 semanas de idade gestacional foi internada com pressão arterial de 160/110 mmHg (após 30 minutos de repouso) e sintomas de cefaleia e escotomas. Trouxe exame de proteinúria de 3 g em 24 horas. À cardiotocografia, o feto mostrou-se reativo. Foi realizada amniocentese, a qual revelou teste de Clements positivo. Qual a conduta mais adequada?

A
Administrar sulfato de magnésio, hidralazina ou nifedipina e interromper a gestação.
B
Administrar benzodiazepínico intravenoso e realizar cesariana imediatamente.
C
Administrar nitroprussiato de sódio e realizar cesariana a seguir.
D
Administrar hidantoína e corticosteroides e realizar cesariana.
E
Administrar corticosteroide, repetir a amniocentese e, se o feto apresentar maturidade, interromper a gestação.
O carcinoma esofágico caracteriza-se por:
Em relação à ascite é CORRETO afirmar:
Gabriel, 10 anos, chegou à emergência do IJF com uma síndrome colinérgica (miose, bradicardia, acúmulo de secreções e fibrilação muscular. Por favor, marque a opção que exibe um agente capaz de ocasionar esse tipo de intoxicação:
Hiroito, 3 anos, compareceu ao consultório de sua pediatra com quadro de febre há mais de cinco (05) dias, a qual não respondeu ao uso de antibióticos, lesões orolabiais, hiperemia conjuntival, não exsudativa, exantema eritematomaculopapular, além de trombocitose. O garoto evoluiu com aneurisma coronariano. Qual a hipótese diagnóstica MAIS PROVÁVEL?
Compartilhar