Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Primigesta, com 35 semanas de gestação, chega ao pronto-socorro, em choque hipovolêmico, com quadro de coagulopatia e ausência de batimentos cardíacos fetais. Ao exame especular verifica-se discreto sangramento escuro. A hipótese diagnóstica clínica é:

A
rotura de vasa prévia.
B
descolamento prematuro de placenta.
C
placenta prévia.
D
rotura uterina espontânea.
E
síndrome do anticorpo antifosfolípide.
Paciente de 30 anos de idade foi trazido ao pronto-socorro após acidente automobilístico. O mecanismo do trauma foi esmagamento da região perineal no tanque da motocicleta, sem outros traumas (membros, craniano, tórax ou abdome). Após avaliação inicial, o paciente apresentou impossibilidade de urinar e o raio X não evidenciou fratura de bacia. Qual a hipótese diagnóstica e a conduta?
No tratamento do linfedema está indicado drenagem linfática:
Na embolia arterial, quais são os achados arteriográficos esperados?
Sobre o câncer de próstata podemos afirmar:
Compartilhar