Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Ginecologia

Primigesta de 16 anos, com 31 semanas, apresenta-se no pronto-socorro com quadro de cefaleia, epigastralgia, escotomas e diplopia. Refere ter comparecido a uma consulta pré-natal. Ao exame, encontra-se com PA igual a 160/100 mmHg, altura uterina de 29 cm, BCF presente, dinâmica uterina ausente. A conduta deve ser:

A
internação, coleta de hemograma, TGO, TGP, bilirrubinas, creatinina e interrupção da gestação por cesária.
B
internação, coleta de hemograma, TGO, TGP, bilirrubinas, creatinina e sulfato de magnésio.
C
corticoterapia por 24 h, monitoração rigorosa da PA e indução do parto.
D
introduzir anti-hipertensivo, corticoide por 24 h e acompanhamento ambulatorial.
E
medicar com hidralazina, mantê-la em observação até o nível pressórico normalizar e introduzir anti-hipertensivos.
Paciente portador de tratura da diálise do úmero, com incapacidade de extensão do punho e das articulações metacarpofalangeanas apresenta:
Paciente de 70 anos é internado com obstrução intestinal e diagnóstico etiológico de neoplasia maligna de cólon ao nível do ângulo esplênico. Seu estado geral encontra-se bastante comprometido. A cirurgia de urgência a ser realizada é do tipo:
A oclusão da drenagem venosa supra-hepática pode resultar em hipertrofia e maior captação de contraste à TC de qual segmento?
Criança de 3 anos apresenta febre alta, de início súbito e progressivo, voz abafada, toxemia e dispneia que melhora na posição sentado. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar