Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Ginecologia

Primigesta de 16 anos, com 31 semanas, apresenta-se no pronto-socorro com quadro de cefaleia, epigastralgia, escotomas e diplopia. Refere ter comparecido a uma consulta pré-natal. Ao exame, encontra-se com PA igual a 160/100 mmHg, altura uterina de 29 cm, BCF presente, dinâmica uterina ausente. A conduta deve ser:

A
internação, coleta de hemograma, TGO, TGP, bilirrubinas, creatinina e interrupção da gestação por cesária.
B
internação, coleta de hemograma, TGO, TGP, bilirrubinas, creatinina e sulfato de magnésio.
C
corticoterapia por 24 h, monitoração rigorosa da PA e indução do parto.
D
introduzir anti-hipertensivo, corticoide por 24 h e acompanhamento ambulatorial.
E
medicar com hidralazina, mantê-la em observação até o nível pressórico normalizar e introduzir anti-hipertensivos.
O adenoma hepático tem sua principal importância porque pode ser confundido com o carcinoma hepatocelular. Assinale dentre as alternativas abaixo a situação que não tem relação com o adenoma hepático:
O helicobacter pylori é um bastonete gram-negativo que se adaptou à mucosa gástrica. Reconhecidamente a infecção crônica por ele está associada às seguintes patologias, exceto:
Das condições citadas abaixo qual a considerada com menor potencial para causar câncer gástrico?
Assinale a alternativa INCORRETA em relação à cetoacidose diabética (CAD):
Compartilhar