Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Primigesta de 17 anos chega à emergência da maternidade com 36 semanas, PA 170 x 110 mmHg, cefaleia e escotomas cintilantes. FCF 144 bpm. Durante o exame físico apresenta episódio convulsivo tonicoclônico generalizado. Indique a conduta imediata mais adequada a ser tomada.

A
Cânula de Guedel, O2 por cateter, diazepam EV e cesárea imediata
B
Acesso venoso, O2 por cateter, hidralazina EV e metildopa VO
C
O2 por cateter, cânula de Guedel, sulfato de magnésio e rotina laboratorial
D
Acesso venoso, sulfato de magnésio, hidralazina e cesárea imediata
E
Sulfato de magnésio, hidralazina, metildopa e corticoterapia
Qual das afirmações abaixo está ERRADA em relação à hanseníase?
Quais as evoluções possíveis do complexo primário pulmonar da Paracoccidiodomicose?
Uma paciente de 36 anos com história de cefaleia frontotemporal bilateral, opressiva, quase diária, há mais de 10 anos, procura atendimento no PS por cefaleia com características distintas das crises habituais. Relata, atualmente, cefaleia holocraniana intensa, pulsátil, associada à náusea e vômito, de início súbito, há 12 horas, durante estresse emocional. Nega febre, distúrbio de consciência e quaisquer outros sintomas neurológicos. Ao exame neurológico, encontrava-se lúcida e orientada; à fundoscopia as papilas encontravam-se nítidas e com bordos regulares, porém não se visualizou pulsação venosa retiniana espontânea. Considerando-se esses dados, qual a conduta imediata mais apropriada para o caso?
Paciente de 67 anos, portador de hipertensão arterial, tem colesterol total de 280 mg/dL, HDL 32 mg/dL, triglicerídeos 190 mg/dL e cintura 104 cm. Fez uma CT Slice-64 para diagnóstico de doença coronariana. Que parecer clínico é dado ao paciente?
Compartilhar