Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Primigesta é admitida em período expulsivo, tendo seu parto sido assistido pelo médico residente de plantão. O médico residente observou que o pólo cefálico do concepto se desprendeu sob a variedade occipitopúbica, realizou o movimento de deflexão e o movimento de restituição ocorreu em direção ao lado direito. Considerando os mecanismos habituais do mecanismo de parto na apresentação cefálica de vértice, o residente pôde concluir que:

A
O feto provavelmente se insinuou com o occipital voltado para a direita, com dorso na posição 2 e restituiu em consequência da rotação interna das espáduas
B
O feto provavelmente se insinuou com o occipital voltado para a esquerda, com dorso na posição 2 e restituiu em consequência da rotação interna das espáduas
C
O feto provavelmente se insinuou com o occipital voltado para a direita, com dorso na posição 1 e restituiu em consequência da rotação interna da cintura pélvica
D
O feto provavelmente se insinuou com o occipital voltado para a direita, com dorso na posição 2 e restituiu em consequência da rotação interna da cintura pélvica
E
O feto provavelmente se insinuou com o occipital voltado para a esquerda, com dorso na posição 1 e restituiu em consequência da rotação interna das espáduas
Você está reanimando um recém-nascido na sala de parto. Na história obstétrica destaca-se o fato de ser um neonato de 37 semanas, mãe hipertensa, com descolamento prematuro de placenta e cesárea de urgência. Após os passos iniciais da reanimação, o bebê apresentava apneia e frequência cardíaca de 50 batimentos por minuto. Nesse momento, você deve
Qual das doenças relacionadas é caracterizada como causadora de trombofilia secundária?
Paciente do sexo masculino, 60 anos, procura o pronto­-socorro com queixa de dor ocular intensa, baixa de acuidade visual súbita à esquerda, cefaleia, náusea e vômito. Ao exame, apresenta acuidade visual de 20/20 no olho direito e conta dedos a 1 metro no olho esquerdo, injeção ciliar, edema de córnea, midríase paralítica, e pressão intraocular bidigital aumentada no olho esquerdo. A hipótese diagnóstica mais provável é:
Um paciente de dois anos chega ao consultório com relato de tosse e febre alta há 48 horas. Qual(ais) dos achados abaixo ele deve apresentar, para que se suspeite de pneumonia?
Compartilhar