Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Primigesta é internada em trabalho de parto espontâneo com 4 cm de dilatação cervical. Após 3 horas de evolução, recebeu analgesia com bloqueio combinado raquiperidural, quando apresentava dilatação cervical de 7 cm. Após mais 3 horas, toque vaginal revela fino rebordo de colo uterino no lábio anterior, feto em apresentação cefálica com a sutura sagital alinhada no diâmetro ânteroposterior do estreito inferior, no plano +3 de De Lee, com batimentos cardíacos fetais basais de 105 bpm, chegando a 68 bpm em cada contração, com saída espontânea de líquido meconial espesso. No momento, a frequência de contrações espontâneas é 5 por minuto. Conduta indicada:

A
Administrar terbutalina subcutânea para diminuir a frequência de contrações uterinas, permitindo a reoxigenação fetal adequada entre as contrações, e aguardar a expulsão fetal espontânea.
B
Realizar cesárea de emergência, por laparotomia mediana, que possibilitará a extração fetal em poucos minutos.
C
Extração fetal imediata utilizando fórcipe para abreviação do período expulsivo.
D
Hidratação materna vigorosa e rápida com soro fisiológico, por acesso venoso calibroso, para inibir a produção hipofisária de ocitocina e assim adequar as contrações uterinas à vitalidade fetal.
E
Utilizar soro com ocitocina para aumentar a contratilidade uterina e acelerar o nascimento espontâneo; simultaneamente, melhorar a reserva fetal administrando-se oxigênio em máscara a 12 litros por minuto.
Não é efeito colateral da litotripsia extracorpórea (LECO):
Paciente de 9 anos vai ao pediatra por apresentar há 4 dias vesículas sobre base eritematosa agrupadas em hemitórax esquerdo, formando arranjo linear (distribuição em dermátomo). Refere dor e prurido discretos. Antecedentes mórbidos pessoais: Varicela com 1 ano, 1 internação por pneumonia com 2 anos e asma. Diante do exposto, o diagnóstico mais provável é:
Qual a principal causa de delirium pós-operatório em pacientes idosos?
Paciente jovem consultou por apresentar, há 24 horas, ambos os olhos congestos, com secreção amarelada, sem adenopatia satélite e sem envolvimento corneano. A visão estava preservada. Qual o diagnóstico mais provável?
Compartilhar