Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Primigesta, na 32ª semana de gestação apresenta pressão arterial de 140 / 90 mmHg associada à cefaleia persistente, alteração da visão e dor no hipocôndrio direito. Exames laboratoriais revelaram: plaquetas = 93.000/mm3, bilirrubina sérica total = 1,3 mg%, desidrogenase lática = 1870UI/L, proteinúria = 440 mg/24 horas. O diagnóstico é

A
hipertensão gestacional e iminência de eclâmpsia.
B
eclâmpsia e síndrome HELLP.
C
hipertensão gestacional e síndrome HELLP.
D
iminência de eclâmpsia e síndrome HELLP.
E
hipertensão gestacional e eclâmpsia.
Paciente portadora de vírus da hepatite C apresenta ecografia recente com heterogeneidade do parênquima hepático e biópsia com perda da arquitetura histopatológica. Refere há 24 horas hematêmese e melena em grande quantidade, com astenia progressiva e desconforto abdominal. Ao exame, está pálida, sonolenta, PA 70/30 mmHg, FC 140, FR 24, afebril. Na abordagem inicial de emergência, qual a conduta mais apropriada?
O tratamento da hepatite C deve ser feito com a associação de interferon e ribavirina. Há contraindicações bem estabelecidas ao uso de ribavirina. Assinale a alternativa que NÃO se caracteriza como contraindicação.
Uma paciente feminina de 58 anos vem para avaliação por artrite reumatoide de 10 anos de evolução, com tratamento irregular. Ela faz uso de prednisona (10 mg por dia), diclofenaco (50 mg uma ou duas vezes por dia) e difosfato de cloroquina (250 mg), baseando-se em uma prescrição de cinco anos atrás. Refere que tentou abaixar a dose de prednisona, mas piora muito dos sintomas de dor articular e rigidez matinal. Ao exame físico, apresenta sinovite de metacarpofalangenas bilateralmente, aumento de volume e perda de extensão de ambos os cotovelos, nódulos na região olecraniana à direita e derrame articular em joelhos bilateralmente. Com relação a essa paciente, é correto afirmar:
Um homem de 65 anos chega para avaliação com dor no ombro direito de 7 meses de evolução, com piora recente.Ele refere ser nadador há vários anos na categoria senior, com treinamento regular relativamente intenso. Refere que o ombro direito tem doído na braçada estilo livre (crawl) já há 7 meses, mas que, há uma semana, sentiu uma forte dor no mesmo ombro ao pegar o neto no colo. Desde então, tem tido dificuldade de fazer a abdução do membro superior direito e até mesmo dormir sobre esse lado. Ao exame físico, apresenta dor na mobilização do membro superior direito, com dificuldade de manter a abdução do ombro no plano lateral a 30 graus. A manobra de Jobe é positiva à direita. Com relação a esse caso, é correto afirmar:
Compartilhar