Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Priscila tem 22 anos, gesta II/I, idade gestacional de 31 semanas e relato de um parto normal prematuro há três anos. Procura a emergência por apresentar cólicas frequentes que ficaram mais intensas nas últimas duas horas. Durante o exame você identifica BCF 140 bpm, 2 metrossístoles em 10' de 35”, tônus normal, ao toque colo dilatado 2,0 - 3,0 cm, bolsa íntegra cefálica. Diante deste exame você deve:

A
manter repouso por duas horas com hidratação e dar alta.
B
internar a paciente e prescrever antibiótico venoso.
C
prescrever uterolíticos via oral e liberar a paciente.
D
indicar tocólise venosa, corticoide e hidratação.
Paciente masculino de 80 anos com diagnóstico de demência, ICC com fibrilação atrial recorrente, usando amiodarona regularmente, constipação com uso intenso de laxativos. Chega à consulta oftalmológica com piora importante de acuidade visual. No exame apresentava xerose conjuntival, placas esbranquiçadas em conjuntivas e ulceração com necrose da córnea. A esposa refere ter observado quedas frequentes quando o paciente se dirigia ao banheiro durante a madrugada nos últimos meses. Em relação ao quadro clínico, é CORRETO afirmar que:
Em relação às doenças hemolíticas, é correto afirmar:
Nas obstruções intestinais altas a consequência imediata mais importante é:
Uma mulher de 70 anos é acompanhada há 6 semanas por dor contínua na cintura escapular e ombros, sem fatores de melhora ou piora. Recebeu analgésicos comuns e anti-inflamatórios não hormonais sem alívio dos sintomas. Os seus exames mostram Hb = 11,8 g/dl, leucócitos = 6400/mm³, sem desvio, plaquetas = 330 000/mm³, glicemia = 94 mg/dl, creatinina = 0,9 mg/dl, sódio, potássio e urina tipo I normais, VHS = 82 mm/1ª hora, FAN negativo e Fator Reumatoide positivo em título baixo. O médico deve:
Compartilhar