Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Em relação aos cuidados pós-operatórios de um paciente submetido à Revascularização do Miocárdio: 1 - as causas mais comuns de baixo débito cardíaco são isquemia miocárdica, hipovolemia, alterações do ritmo e frequência cardíaca, disfunção miocárdica e tamponamento cardíaco. 2 - Uma diminuição da contração atrial de até 25% não influencia no débito cardíaco. 3 - O balão de contrapulsação aórtica está indicado quando os pacientes demonstram uma profunda disfunção miocárdica e que não respondem ao tratamento com drogas vasoativas. 4 - Quando existe tamponamento cardíaco a radiografia demonstra alargamento importante do mediastino associado aos sinais de baixo débito cardíaco. Assinale a resposta correta.

A
somente a afirmativa 1 é verdadeira
B
somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras
C
somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras
D
somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras
E
somente as afirmativas 1, 2, 3, e 4 são verdadeiras
Paciente jovem, no 5º pós-operatório de hemicolectomia direita, apresenta febre de 39 ºC, taquipneia, taquicardia, parada de eliminação de gases e fezes, dor abdominal e distensão abdominal. A complicação pós-operatória em questão diz respeito a:
Paciente deu entrada no pronto-socorro vítima de colisão, apresentando choque hipovolêmico, pH 7,19, trauma abdominal fechado, durante ato cirúrgico evidenciou-se lesão estrelada extensa em lobo hepático direito, lesão esplênica grau III / IV e lesão duodenal em segunda e terceira porção de 4 cm, sangramento difuso. Qual a melhor tática cirúrgica a ser empregada?
Mulher, 49 anos, branca, sexo feminino, foi submetida à tireoidectomia subtotal por doença de Graves no primeiro dia de pós-operatório, começou a sentir parestesia perioral. Qual a provável complicação?
Paciente na 1ª consulta de pré-natal nos exames de rotina apresentou exame para Toxoplasmose IgG negativa. A conduta durante o pré-natal será?
Compartilhar