Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Qual a causa de úlcera genital endurecida, indolor, sem linfadenopatia inguinal?

A
cancroide.
B
doença de Behçet.
C
herpes.
D
linfogranuloma venéreo.
E
sífilis.
Uma menina de 1 ano de idade chega ao pronto-socorro, com história de febre, atingindo temperatura máxima de 38,2ºC, há 2 dias. Ao exame físico, apresenta-se em bom estado geral, descorada +, eupneica, acianótica, com boa perfusão periférica. FC de 120/min e FR de 34/min. Não apresenta sinais meníngeos, os pulmões estão livres. Na orofaringe, é observado hipertrofia de amígdalas, com presença de exsudado branco e gânglios cervicais posteriores moderadamente aumentados. A conduta mais adequada é:
Homem, 79 anos, refere alteração no hábito intestinal há 1 ano, passando a evacuar várias vezes ao dia, em pequena quantidade, com muco e estrias de sangue nas fezes. Relata dor retal e perda ponderal de 10 kg no período. A abordagem inicial, o provável diagnóstico e o tratamento mais adequado são:
Além dos pulmões, o bacilo da tuberculose pode se disseminar no momento da primoinfecção, implantar-se e multiplicar-se em qualquer órgão ou tecido. Cerca de 20% dos casos de tuberculose em crianças tem apresentação extrapulmonar. Assinale a forma de tuberculose extrapulmonar mais comum na criança.
Recém nascido de parto normal, a termo, pesando 3250g e medindo 50 cm, apresenta, após os 30 segundos dos passos iniciais do fluxograma de atendimento em sala de parto, frequência cardíaca 120bpm, choro fraco, hipotonia e cianose generalizada. Diante deste bebê, qual a conduta preconizada de acordo com o Programa de Reanimação Neonatal (SBP)?
Compartilhar