Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Qual a droga de escolha para tratamento das tromboses venosas profundas?

A
Penicilina.
B
Heparina.
C
Aspirina.
D
Anti-inflamatórios não-hormonais.
E
Anti-inflamatórios hormonais.
Bebê nascido de parto vaginal, com idade gestacional de 36 semanas, peso de 3200g, apresenta icterícia perceptível em zona IV de Kramer, com 72 horas de vida. Sua mãe relata ter observado que o bebê já se apresentava com a face e o tronco amarelados no segundo dia de vida. A tipagem sanguínea da mãe é A positivo, e de seu bebê é O negativo. O bebê está sendo amamentado exclusivamente ao seio, elimina mecônio duas vezes ao dia e tem diurese sempre presente e clara. O irmão mais velho, de 3 anos, necessitou fototerapia por 4 dias na primeira semana de vida. A mãe relata uso de naftalina nos armários de roupas. Essa icterícia é:
Gestante de 30 anos procura o pré-natal de alto risco devido a abortos de repetição. Idade gestacional de cinco semanas. Gesta=VI; Para=I; Aborto=IV. Refere que o seu único parto foi prematuro devido à pré-eclampsia e que, durante aquela gestação, apresentou oligodramnia. Seus abortos foram todos espontâneos em torno da 8ª semana de gestação. Possui passado de trombose venosa profunda. Com base na história obstétrica e patológica pregressa podemos afirmar que:
Mulher, 30 anos de idade, G3P2A0, com 40 semanas de gestação, progrediu no trabalho de parto de 6 cm para 7 cm de dilatação cervical em 2 horas. Ao toque: ODP em plano 0 de DeLee, que persiste desde o início do trabalho de parto. Dos seguintes episódios, o que melhor descreve o partograma dessa paciente é:
A localização mais comum das metástases de adenocarcinoma de próstata é:
Compartilhar