Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Hepatologia

Qual a interpretação para uma criança que apresenta o seguinte padrão sorológico para hepatite B: HBsAg negativo; HBeAg negativo; anti-HBcIgM negativo; anti-HBe negativo e anti-HBs positivo?

A
Hepatite B crônica.
B
Paciente vacinado.
C
Hepatite B aguda.
D
Janela imunológica.
E
Paciente não imunizado.
Paciente de 18 anos, admitida no serviço de emergência com hematócrito de 18%, VCM 114 fl, reticulócitos 18%, leucócitos 9.800/mm³ e plaquetas 220.000/mm³. No sangue periférico, existem microesferócitos. O diagnóstico mais provável e o teste confirmatório são:
Paciente, 18 anos de idade, apresenta em avaliação médica de rotina TA: 160 x 110 mmHg. Tem história familiar de hipertensão arterial. Ritmo urinário sem alterações, com urina de aspecto normal. Ao exame, apresenta-se sem outras alterações à exceção de esmagamento nos cruzamentos artério-venosos na retina e imagem em “chama de vela” na oftalmoscopia. Não há diferença pressórica entre os membros. O exame de uroanálise desse paciente revelou uma densidade urinária de 1020 e raros cilindros hialinos. Esse achado indica:
Das drogas analgésicas e sedativas, listadas abaixo, quais podem ser úteis no tratamento da asma por ter efeito broncodilatador?
Homem, 30 anos de idade, procura pronto atendimento com queixa de tosse seca, secreção nasal importante e dor na face em peso. Os sintomas se iniciaram há 17 dias, melhoraram por volta do quinto dia e logo depois evoluíram com piora progressivamente. Único achado alterado de exame físico: secreção posterior em orofaringe. As condutas diagnóstica e terapêutica corretas são, respectivamente,
Compartilhar