Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Em relação a esofagite por ingestão de agentes corrosivos é correto afirmar que:

A
80% dos pacientes que fazem ingestão de agentes corrosivos são adultos com idade superior a 40 anos.
B
90% das lesões são causadas por álcalis fortes.
C
quanto maior a concentração e o volume ingerido menor é o dano celular na parede esofagiana.
D
o exame endoscópico correlaciona grau da lesão e prognóstico com avaliação da possibilidade de progressão para estenose cicatricial, mas não é indicado na fase aguda da esofagite química.
A infecção causada pelo vírus Herpes Simplex Tipo II (HSV II) ocorre por um derrame viral na pele ou em membrana das mucosas acometidas. A seguir, os anticorpos neutralizantes são produzidos no início da infecção e persistem, mas não previnem recidivas da fase ativa da doença. Baseados nesse contexto, podemos afirmar que em relação à patogenicidade e à transmissibilidade do HSV II:
Um médico plantonista atende uma jovem vítima de estupro. Em seguida ele recomenda um esquema profilático de antibiótico terapia, todos em dose única, em associação visando a uma proteção contra a sífilis, clamídia, trichomonas e gonorreia, respectivamente. Assinale, desse modo, a sequência e dose CORRETAMENTE recomendada:
Existe uma síndrome que ocasiona pequenos abscessos na superfície hepática. Na fase aguda, forma um exsudato purulento na cápsula de Glisson. Na forma crônica, forma aderências do tipo "corda de violino" entre a superfície hepática e a parede abdominal anterior. A síndrome acima descrita pode ser causada por duas espécies bacterianas, denominadas:
Gestante em período expulsivo, com feto macrossômico, uma vez liberado o polo cefálico, apresenta encravamento da cintura escapular (distócia de ombro) com consequente dificuldade para extração fetal. Considerando esse contexto, qual é a primeira manobra a ser realizada para resolução da distócia?
Compartilhar