Questões na prática

Pediatria

Cirurgia

Cirurgia Pediátrica

Qual a variante anatômica e maior incidência da atresia esofágica e da fístula traqueoesofágica congênita?

A
Atresia de esôfago, sem fístula traqueoesofágica.
B
Atresia de esôfago, com fístula traqueoesofágica distal.
C
Fístula traqueoesofágica, sem atresia de esôfago.
D
Atresia de esôfago, com fístula traqueoesofágica proximal.
Pré-escolar, do sexo masculino, com cinco anos de idade, é atendido no posto de saúde com história de diarreia, cerca de seis episódios ao dia, com muco e sangue há quatro meses. Há o relato de um episódio de dor e edema no joelho esquerdo há dois meses. Segundo a mãe, a criança está sendo acompanhada há um ano, pois apresenta baixo desenvolvimento ponderoestatural. Assinale a alternativa correta quanto à principal possibilidade diagnóstica para o caso descrito.
Alguns neonatos podem apresentar um shunt clinicamente significativo, causado pela Persistência do Canal Arterial (PCA). Constitui-se em causa atraso no fechamento do PCA:
Em ambulatórios pediátricos de países desenvolvidos, qual a deficiência de crescimento mais comumente encontrada:
O transtorno do Pânico se caracteriza por ataques recorrentes de ansiedade grave, não restritos a qualquer situação ou conjunto de circunstâncias em particular. Dentre os critérios para o diagnóstico de ataque de pânico (DSM-IV) não de encontra:
Compartilhar