Questões na prática

Pediatria

Neuropediatria

Qual das afimações abaixo não é característica das crises febris:

A
É o problema neurológico mais comum na infância e geralmente ocorre entre os 3 meses aos 5 anos de idade associado a febre.
B
O principal diagnóstico diferencial se faz com as infecções do SNC.
C
O eletroencefalograma não deve ser realizado de rotina.
D
A utilização de anti-convulsivantes no tratamento de crianças com crise febril diminui o risco de epilepsia
E
Os fatores de risco para recorrência de crise febril são baixa idade, presença história familiar de crise febril, recorrência de crise na mesma doença e febre baixa e de curta duração por ocasião da primeira crise febril.
Em relação às doenças infecciosas, julguem os itens a seguir e marque a resposta correta. 1- A biópsia hepática deve ser indicada para todos os pacientes com RNA do vírus da hepatite C detectado. A genotipagem deve ser feita no início do tratamento para definir a duração do mesmo. Isto porque, segundo os protocolos de terapêutica, os pacientes infectados pelos genótipos 1 e 2 devem ser tratados por 24 semanas, enquanto aqueles com infecção pelo genótipo 3 devem ser tratados por 48 semanas. 2- Segundo o II consenso brasileiro de tuberculose, um paciente de 46 anos que apresentou escarro negativo para BAAR, com tosse produtiva, perda de peso > 15% do habitual e cavitação pulmonar em lobo superior na radiografia tem indicação de teste terapêutico com esquema RIP. 3- O teste com maior sensibilidade para diagnóstico para parasitológico da Leishmaniose visceral é o mielograma. Em pacientes sem contraindicações clínicas, a primeira opção terapêutica é o antimonial pentavalente. 4- Paciente com dispneia, sialorreia, rouquidão, lesão ulcerada na mucosa nasal, adenomegalia cervical há 6 semanas, em uso de esquema RIP sem melhora clínica há 4 semanas, deve ser investigado para paracoccidiomicose.
Paciente de 18 anos, admitida no serviço de emergência com hematócrito de 18%, VCM 114 fl, reticulócitos 18%, leucócitos 9.800/mm³ e plaquetas 220.000/mm³. No sangue periférico, existem microesferócitos. O diagnóstico mais provável e o teste confirmatório são:
Avaliem as afirmativas a seguir, acerca de cetoacidose diabética e coma hiperosmolar. I. O coma hiperosmolar só ocorre quando a osmoralidade efetiva excede 340 mOsm/L. II. Os anions não mensuráveis que constituem “ânion gap” normal incluem albumina e outras proteínas circulantes, sulfato, fosfato, e uma variedade de ácidos orgânicos. III. A resposta compensatória normal à acidose metabólica é a hiperventilação, e a diminuição apropriada da Pco2 pode ser determinada pela equação de WINTER: Pco2 = ([3,5] x [HCO3]) + 8. Assinale a resposta:
Como método de avaliação da vitalidade fetal, pode-se afirmar que na cardiotocografia o principal achado em fetos normais e próximo do termo é:
Compartilhar