Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Hepatologia

Qual das alternativas abaixo está correta?

A
A causa mais comum de hepatite crônica é a etiologia medicamentosa.
B
O tratamento preconizado para a hepatite C ativa com evidências de replicação viral é o alfa-interferon.
C
A forma mais comum da apresentação clínica da hepatite crônica viral é a evolução mal resolvida de uma hepatite aguda.
D
A ultrassonografia de abdômen superior e os testes sorológicos completos são suficientes para estabelecer o diagnóstico definitivo de hepatopatia crônica.
E
No tratamento da hepatite B ativa com replicação viral e resistência à lamivudina, a alternativa é o uso de corticoide associado à ciclosporina.
Os exames laboratoriais que devem ser solicitados para acompanhamento clínico de uma mulher de 49 anos de idade, menopausada há dois anos, sem queixas, com exame físico geral e ginecológico normais, são:
Um lactente de nove meses, com diagnóstico de cardiopatia congênita com hiperfluxo pulmonar e pneumonias de repetição, é encaminhado ao Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais, para vacinação complementar. Seu esquema de imunização básica está completo. De acordo com o Ministério da Saúde, além da anti-influenza, que outra vacina deve ser indicada?
Em relação aos métodos contraceptivos hormonais, assinale a assertiva correta:
Sr. Antônio, 62 anos, com febre diária indicada há um mês e dor em primeiro pododáctilo direito. É portador de prótese metálica mitral há 15 anos e tem fibrilação atrial crônica. Faz uso de anticoagulante oral. Vinha em classe funcional II da NYHA, tendo sofrido AVE hemorrágico há 4 meses. Sinais vitais: Tax - 38°C; PA - 120/80 mmHg; FC - 100 bpm. Exame físico: bom estado geral, palidez cutânea, eupneico, exame neurológico, pulso carotídeo e pressão venosa normais. RCR 2T. Sopro holossistólico 2++/6+ em ponta; ausculta pulmonar normal, presença de eritrocianose em primeiro pododáctilo. Ecocardiograma evidencia múltiplas imagens aditivas filamentares aderidas ao anel da prótese mitral e regurgitação paraprotética grave, aumento atrial esquerdo, leve aumento do VE, com função sistólica preservada e pressão sistólica na artéria pulmonar de 58 mmHg. O procedimento adequado, além de colheita de hemoculturas é:
Compartilhar