Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Qual dos parâmetros laboratoriais abaixo sugere uma insuficiência renal aguda pré-renal?

A
Fração de excreção de sódio menor que 1%.
B
Sódio urinário maior que 60 mEq/l.
C
Densidade urinária menor que 1.010.
D
Sumário de urina com dismorfismo eritrocitário e/ou cilindros hemáticos.
E
Osmolaridade urinária menor que 300 mOsm/l.
Homem de 32 anos chega à emergência do hospital com queixa de tosse produtiva, dispneia e dor torácica à direita, há quatro dias, sem sintomas prévios. Tem diagnóstico de SIDA há quatro meses, quando fez dosagem de CD4 = 178. É tabagista e informa uso irregular de antirretrovirais, assim como de profilaxia para pneumocistose. Ao exame físico apresenta: Tax 38,3°C, FC 125 bpm, FR 36 mrpm, SaO2 89% e PA 80/50 mmHg. Ausculta cardíaca sem sopros. Ausculta pulmonar com estertores crepitantes junto às bases. Exame neurológico normal e palpação do abdome sem hepatoesplenomegalia. Os exames laboratoriais evidenciaram: leucocitose com aumento das formas jovens, anemia, DHL elevado e hiponatremia. O radiograma de tórax revelou infiltrado alvéolo-intersticial difuso, acometendo mais o lóbulo inferior direito, sem alargamento do mediastino e sem derrame pleural. Qual o diagnóstico mais provável?
Homem, 68 anos, vem à emergência com quadro abdominal agudo, de início há 12 horas. Cardiopata isquêmico e DPOC grau II. Ao exame físico, constata-se que se trata de paciente obeso, com evidências óbvias de peritonite difusa. Apresenta leucocitose com desvio à esquerda, e o RX simples de abdome mostra pneumoperitônio. O diagnóstico pré-operatório é de peritonite difusa por víscera oca perfurada, possivelmente por diverticulite aguda perfurada. Em relação à conduta antibiótica no caso, analise as alternativas abaixo. I - O esquema antibiótico deve incluir, obrigatoriamente, cobertura para aeróbios gram-negativos, gram-positivos e anaeróbios. II - A coleta e exame cultural de material purulento da cavidade são indispensáveis para a definição do tratamento. III - Monoterapia com droga que cubra gram-negativos e anaeróbios pode ser alternativa à associação de antibióticos. Qual a alternativa correta?
A causa mais frequente de incidentaloma adrenal é:
Adenocarcinoma é o tumor maligno mais frequente no rim. O local mais frequente de metástases é:
Compartilhar