Questões na prática

Clínica Médica

Reumatologia

Qual dos seguintes tratamentos é mais apropriado para fenômeno de Raynaud severo com isquemia digital?

A
Metoprolol.
B
Lisinopril.
C
Nifedipina.
D
Plasmaférese.
E
Metildopa.
Mulher, 73 anos de idade, com hipercolesterolemia, apresentou síncope de duração de 5 minutos em domicílio. Filha nega o uso de medicações, exceto sinvastatina e colírio para glaucoma. Esteve no cardiologista há 3 meses, que não recomendou novas medidas. Foi trazida ao PA onde se apresenta confusa, com pulso radial de 36 bpm, com pausas à inspiração. TA: 120 x 60 mmHg, FR: 20 ipm. Mucosas coradas, sem sinais neurológicos de localização ou de irritação meníngea. Pulmões limpos. Ausculta cardíaca mostra bulhas arrítmicas à custa de pausas, que duram até 30 segundos, além de sopro sistólico suave em foco aórtico. A melhor conduta imediata é:
Mulher, 55 anos de idade, previamente hígida, vem com cefaleia holocraniana em peso há 3 dias. Há 12 horas começou a apresentar parestesia em hemiface à esquerda, cursando com desvio de comissura labial para a direita e apagamento do sulco nasolabial. Nega alteração de força muscular em membros. Não consegue franzir a testa nem fechar a rima palpebral à esquerda; sem outros déficits motores. A melhor conduta, no caso, é:
Paciente, 8 anos de idade, apresenta abscesso na perna esquerda, febre elevada, prostação e dispneia moderada. O hemograma apresenta leucocitose com desvio à esquerda. O Rx de tórax, com condensação em base pulmonar à direita. A conduta adequada ao caso, segundo normas do Ministério da Saúde, é:
Danilo, 3 anos, atendido há um mês com dor abdominal e vômitos e liberado com medicação sintomática. Os sintomas se mantiveram de forma intermitente. Há 8 horas sofreu queda da própria altura na creche e, ao chegar em casa, queixa-se de dor abdominal e apresenta urina avermelhada, retornando ao médico com sua mãe, Gilda. Exame físico: atitude antálgica, com reflexão de tronco sobre abdome, FC 100bpm, FR 30irpm, T.ax 36,2°C, PA 100x60mmHg, peso 14kg; palidez cutaneomucosa (==/4), hidratado, anictérico, acianótico; abdome globoso, doloroso à palpação superficial e profunda, massa palpável em flanco esquerdo, com aproximadamente 5x8 cm, lisa e firme; punho-percussão negativa, genitália normal, discretas equimoses em regiões pré-tibiais, ausência de edemas. Exames laboratoriais: Ht 25%, Hb 8,6 mg/dl, plaquetas 318.000/mm³, leucócitos totais 9.200/mm³, eosinófilos 5%, bastões 1%, neutrófilos 52%, linfócitos 39%, monócitos 3%. Urina: cor avermelhada, pH 7,0, proteína negativa, 20 a 30 hemácias por campo, 4 a 6 piócitos por campo, raros cilindros hemáticos, nitrito negativo. O exame que esclarece o diagnóstico é:
Compartilhar