Questões na prática

Cirurgia

Ortopedia

Ortopedia

Qual o 1º sintoma da síndrome compartimental e qual o tratamento adequado?

A
Falta de pulso arterial distal e amputação.
B
Paralisia e tratamento conservador com morfina e repouso.
C
Dor e fasciotomia descompressiva de urgência.
D
Parestesia e terapia com hipotermia.
E
Palidez e coma barbitúrico.
Paciente com 40 anos de idade, com diagnóstico de hipertensão há três anos, que evoluiu com dificuldade de controle pressórico e hipocalemia persistente sem causa aparente. Na investigação para hiperaldosteronismo primário, os seguintes resultados foram obtidos: aldosterona plasmática em repouso: 36 ng/ml (VR: 1-16): atividade plasmática de renina: 0,08 ng/ml/hora (VR: 0,4- 0,7): aldosterona plasmática ao teste da postura: 36 ng/dl. Na tomografia computadorizada de abdome, nenhuma massa adrenal foi visualizada. Qual seria o diagnóstico mais provável para essa paciente?
Um senhor de 65 anos foi submetido à retossigmoidectomia convencional eletiva, com anastomose colorretal, por neoplasia de reto. Não houve intercorrências na operação. O paciente é hipertenso, diabético e ex-tabagista. Teve infarto agudo do miocárdio há 8 meses, tendo sido feita angioplastia e colocação de stent. A respeito do pós-operatório desse paciente, é INCORRETO afirmar:
Homem, 32 anos, em bom estado geral, apresenta obstrução da via biliar, para a qual é solicitada CPER. Quais bactérias devem ser profilaticamente cobertas e qual o antibiótico de escolha?
Homem de 50 anos é portador de hipertensão arterial sistêmica essencial, em uso de enalapril e amlodipina. Apresenta pressão arterial de 160 / 100 mmHg em medidas pressóricas avaliadas em casa e durante o retorno ambulatorial. Assinale a alternativa com a melhor opção terapêutica.
Compartilhar