Questões na prática

Pediatria

Doenças Respiratórias

Qual o agente etiológico da BRONQUIOLITE?

A
H.Influenzae
B
Klebsiella
C
Vírus sincial respiratório (VSR)
D
Pneumococo
E
Moxarella
Homem de 74 anos procura o pronto socorro com queixa de dificuldade miccional há 12 horas. Refere que há seis meses apresenta micção com jato fraco, entrecortado e sensação de esvaziamento vesical incompleto. Acorda 3 a 4 vezes à noite para urinar. Ao exame físico apresenta abdome doloroso a palpação em hipogástrio. Toque retal: próstata 80 gramas, sem nódulos. PSA = 3,5 ng/dL. Creatinina = 3,2 mg/dL. Ultrassom: ureterohidronefrose moderada bilateral, bexiga espessada e com divertículos, próstata de 90 gramas. Resíduo pós-miccional de 340 mL. Assinale a alternativa correta:
Segundo a Organização Mundial da Saúde, as principais causas de baixa visão e cegueira são: catarata, erros refrativos não corrigidos, glaucoma, degeneração macular relacionada à idade, opacidades corneanas, retinopatia diabética, tracoma, cegueira infantil e oncocercose. Dos listados acima, qual é a principal causa de cegueira nos países em desenvolvimento? E qual é a única causa de cegueira não evitável?
Paciente masculino, 8 anos de idade, sem antecedentes mórbidos. Há cerca de 30 horas vem apresentando dor abdominal em cólica, acompanhada de náuseas e vômitos de conteúdo alimentar. Nega febre, tosse ou disúria. Há 2 horas evacuação mucossanguinolenta. Ao exame, o abdome encontra-se distendido e há uma massa móvel palpável em fossa ilíaca direita. Hemograma com leucopenia discreta. Coagulograma normal. Desidrogenase láctica (DHL) de 1015 U/L. A radiografia simples de abdome evidencia distensão difusa de delgado. Qual é o diagnóstico mais provável e a conduta mais adequada:
Mulher, 61 anos, admitida na emergência com quadro de obstrução intestinal. Realizou TC de abdome com contraste oral e venoso que sugeriu o diagnóstico de íleo biliar. Que outro achado radiológico tomográfico corroboraria esse diagnóstico?
Compartilhar