Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Pneumologia

Paciente apresenta hérnia de hiato esofágico do tipo 1 associada a refluxo gastro-esofágico e mucosa de Barrett com displasia grave, sendo indicada ablação fotodinâmica da mesma. Cerca de 12 horas após o procedimento endoscópico para tal, apresenta dor retroesternal com irradiação cervical e enfisema subcutâneo nesta região. Qual o melhor método diagnóstico para o quadro clínico agudo, apresentado pelo paciente?

A
Esofagograma com contraste iodado.
B
Tomografia computadorizada do tórax e do pescoço.
C
Ressonância nuclear magnética do mediastino.
D
Esofagograma com contraste à base de bário, diluído.
E
Endoscopia digestiva alta 24 horas após o procedimento inicial.
O efeito do anestésico local está diminuído na presença de:
O termo “partes moles” se refere ao tecido de suporte dos vários órgãos e às estruturas não epiteliais extraesqueléticas do tecido linfo-hematopoiético. Sobre esse tema julgue as informações abaixo: I.O diagnóstico clínico precoce do melanoma é o mais importante fator para o sucesso do tratamento. Devemos utilizar a regra do ABCD (assimetria, bordas, cor, diâmetro) e estarmos atentos a alterações no tamanho, forma ou cor em nevos pré-existentes. II. A Organização Mundial de Saúde classifica o melanoma segundo a fase de crescimento em dois grupos: fase de crescimento radial e vertical. No grupo de crescimento radial encontramos o melanoma nodular. No grupo de crescimento vertical encontramos o melanoma superficial, acral lentiginoso, melanoma tipo lentigo maligno e o melanoma in situ. III.O tratamento do melanoma é multidisciplinar e deve ser realizado após uma sistematização composta apenas por diagnóstico clínico e estadiamento com exames laboratoriais e de imagem. IV.Na biópsia de lesões suspeitas é fundamental que a amostra de pele seja retirada até tecido celular subcutâneo, já que a espessura vertical do tumor é o valor preditivo mais importante para o prognóstico, tratamento e seguimento.
No tratamento do choque hemorrágico secundário a trauma grave, o melhor sinal de restauração hemodinâmica bem sucedida é:
Em relação à saúde mental da criança, são apresentadas as seguintes assertivas: I. Resiliência é a capacidade de resistir aos estressores traumáticos (perdas, acidentes, doenças graves), sem lesar o potencial de desenvolvimento e de recuperação. II. Doenças psiquiátricas na família, como transtornos de humor e transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, são fatores de risco para a psicopatologia infantil. III. Farmacoterapia é a primeira escolha no tratamento dos transtornos de ajustamento da infância. Qual é a alternativa correta?
Compartilhar