Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Quanto à anovulação crônica é incorreto afirmar:

A
As pacientes com síndrome de ovários policísticos e obesas podem apresentar intolerância a glicose.
B
A acantose Nigricans é considerada um marcador de resistência à insulina nas mulheres hirsutas.
C
Nas pacientes anovulatórias crônicas, a elevação persistente dos níveis de estrogênios não interrompidos por progesterona aumenta o risco de carcinoma endometrial.
D
A redução de peso nas pacientes obesas com síndrome de ovários policísticos pode afetar positivamente as normalidades menstruais e o hirsutismo.
E
Os contraceptivos orais são pouco eficazes por diminuir a produção ovariana de androgênios e também diminuem os níveis circulantes de globulina transportadora de hormônios sexuais.
Um médico de uma unidade básica de saúde foi chamado pela direção de uma escola de ensino fundamental para avaliar algumas crianças que se apresentavam com os olhos vermelhos. A professora do 3° ano está preocupada com o número crescente de alunos que têm se queixado de dor, sensação de areia nos olhos, lacrimejamento e dificuldade de olhar para ambientes claros. Dos 43 alunos da turma dessa professora, 10 já apresentaram as queixas. Ao examinar as crianças, chama atenção do médico a presença de triquíase com cicatriz na conjuntiva tarsal, hiperemia conjuntival importante e pouca secreção purulenta. Além da orientação sobre medidas de higiene e modo de transmissão do agente etiológico, a conduta nesse caso é:
Gestante com história de uso contínuo de crack não sabe a idade gestacional e não realizou pré- natal. O recém-nascido nasce prematuro com insuficiência respiratória grave e o médico desconfia de que a causa desse quadro seja hérnia diafragmática congênita. Para confirmar sua suspeita, no raio X do recém-nascido, o médico deverá encontrar:
Pré-escolar de cinco anos é levado ao pediatra para atualização do cartão vacinal. A mãe informa que, aos 15 meses, o paciente apresentou quadro de distúrbio de comportamento, por 72 horas, e três crises convulsivas no quinto dia após a aplicação da vacina tríplice bacteriana. Para esse paciente, além da dose de reforço da tríplice viral deve ser aplicada também a vacina:
As características da convulsão febril são:
Compartilhar