Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hepatologia

Quanto à cirrose hepática, assinale a OPÇÃO CORRETA.

A
No diagnóstico diferencial de ascite, o gradiente de albumina soro-ascite menor que 1,1 sugere presença de hipertensão portal.
B
A perionite bacteriana espontânea é definida por neutrófilos de líquido ascítico (LA) acima de 250 céls/mm3 e cultura bacteriana positiva para 2 ou mais bactérias.
C
A encefalopatia hepática caracteriza-se por alterações do estado mental e/ou do comportamento, presença de asterixis e alterações do ciclo sono vigília em paciente cirrótico.
D
O tratamento da encefalopatia hepática engloba dieta rica em proteína animal, restrição de sal e uso de laxantes irritantes.
E
Na vigência de hemorragia digestiva alta varicosa, apenas a escleroterapia endoscópica é indicada como tratamento emergencial.
Durante a consulta de primeiro mês de um lactente de parto vaginal a termo, sem nenhuma intercorrência, você observa que a criança está estrábica. A conduta a ser tomada nessa situação será:
Durante uma sala de parto, você percebe que o recém-nascido tem Síndrome de Down. Além do parecer do geneticista, o seguimento ambulatorial dessa criança, quando estiver entre 1 e 4 anos, deve incluir:
Os pacientes com síndrome de Down são mais propensos a apresentar:
Em relação às doenças do sistema venoso, são apresentadas as seguintes assertivas: I. As principais complicações da TVP são a insuficiência venosa e a síndrome pós-flebítica. II. O ecodoppler venoso, por sua alta sensibilidade e especificidade, tornou-se a primeira escolha para o diagnóstico de TVP. III. A tromboflebite migratória apresenta-se com episódios recorrentes de tromboflebites superficiais e pode ser manifestação de síndrome paraneoplásica. Qual é a alternativa correta?
Compartilhar