Questões na prática

Otorrinolaringologia

Quanto à classificação das rinossinusites em adultos e crianças, pode-se afirmar que:

A
Sintomas que têm duração de até 6 semanas podem ser caracterizados como de uma rinossinusite aguda.
B
O quadro de rinossinusite recorrente deve apresentar, no mínimo, 6 episódios ao ano, com a sintomatologia durando de 10 a 14 dias e com resolução completa nos intervalos.
C
A rinossinusite crônica cursa com sintomas por mais de 12 semanas.
D
Na rinossinusite subaguda, encontram-se sintomas com duração de 6 a 12 semanas.
Dentre as abaixo, assinale a anormalidade que integra a síndrome característica da narcolepsia:
Paciente do sexo masculino, 60 anos, hipertenso há anos e com discreta sequela motora em membros superior e inferior esquerdos decorrente de acidente vascular encefálico sofrido há 1 ano, procura pronto-socorro por dor de início súbito no membro inferior esquerdo, de forte intensidade, iniciada há 3 horas. Ao exame físico: pressão arterial = 140 x 80 mmHg, frequência cardíaca de 132 batimentos por minuto e pulso irregular. Há gradiente térmico e palidez presentes no membro da queixa. Os pulsos poplíteo, tibial posterior e pedioso à esquerda são ausentes e os demais presentes. A hipótese diagnóstica e o tratamento são respectivamente:
Levando em consideração a afirmação que características faciais típicas estão presentes em grande número de pacientes com rinite alérgica. Sobre as características faciais, pode afirmar-se que: I - Fazem parte das características faciais de pacientes com rinite alérgica as olheiras. II - Fazem parte das características faciais de pacientes com rinite alérgica a dupla linha de Dennie-Morgan. III - Fazem parte das características faciais de pacientes com rinite alérgica a pele xerótica. IV - Fazem parte das características faciais de pacientes com rinite alérgica a prega nasal horizontal. V - Fazem parte das características faciais de pacientes com rinite alérgica as fissuras em narinas. Analise as afirmativas acima e assinale a alternativa correta:
A assertiva verdadeira sobre a resposta metabólica ao trauma é a seguinte:
Compartilhar