Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Quanto à presença de anemia materna durante o ciclo gravídico-puerperal, é CORRETO afirmar que:

A
o grau de intensidade da anemia ferropriva materna altera substancialmente a quantidade de ferro transportada para a produção da hemoglobina fetal
B
a gestação pode complicar o curso da anemia falciforme, com maior chance de abortamentos e perdas fetais tardias
C
a anemia megaloblástica por deficiência de vitamina B12 é um evento comum durante a gestação e apresenta um quadro clínico indistinguível da anemia por deficiência de folatos, a não ser pelas manifestações neurológicas que são características desta última
D
A anemia aplástica apresenta maior gravidade na gestação e requer confirmação através de aspirado da medula óssea, caracteristicamente hipercelular
Paciente sofre acidente automobilístico, com queimadura de face e trauma torácico. É atendido em hospital de urgência. Após oito horas do atendimento inicial, a oximetria de pulso marca 80% com dificuldade respiratória. A causa mais provável é:
Paciente de 60 anos HAS há 10 anos, em tratamento regular com Propranolol 80mg/dia e Hidroclorotiazida 25mg/dia. Não é diabética e os outros fatores de risco para doença cardiovascular estão controlados. Seu exame físico é normal, sua FC é de 96 bat/min e vem consistentemente apresentando medidas de PA em torno de 160/100 mmHg, a melhor conduta em relação aos seus medicamentos é:
O risco pré-operatório em cirurgias eletivas pode ser predito por alterações clínicas de uma determinada população. A classificação da Sociedade Americana de Anestesiologia (ASA) criou uma classificação que se baseia no exame clínico. Quanto a esta classificação é correto afirmar que:
O diagnóstico de asfixia neonatal segundo a Academia Americana de Pediatria e Colégio Americano de Ginecologia e Obstetrícia baseia-se nos seguintes fatores, exceto:
Compartilhar