Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Otorrinolaringologia

Quanto á rinossinusite no adulto é correto afirmar que:

A
a dor na palpação dos seios da face é sinal patognomônimo de rinossinusite aguda
B
a radiografia de seios de face tem um papel importante no diagnóstico
C
a quantidade e a coloração da secreção nasal não diferenciam o quadro viral do bacteriano
D
a presença de drenagem pós-nasal tem alto valor diagnóstico, quando o tempo de duração dos sintomas é menor que sete dias
E
a azitromicina é o tratamento de escolha inicial
Você está fazendo uma consulta pré operatória numa mulher de 35 anos com feocromocitoma de 5 cm na adrenal esquerda. Ela foi classificada como ASA III (P3). Todos os exames pré operatórios solicitados para o risco cirúrgico estão normais. Sua pressão arterial está 130 x 90 mmHg com uso de fenoxibenzamina 200mg, duas vezes ao dia, já há 3 semanas. Ela também tem recebido implementos de hidratação. Sua frequência cardíaca está em 140 batimentos por minuto. O que fazer?
As cardiopatias congênitas têm um largo espectro de gravidade. Em relação a sua frequência, a MAIS COMUM é:
Homem, 72 anos, com diagnóstico de aneurisma de aorta abdominal, iniciou um quadro súbito de dor e de tumefação dos pododáctilos, especialmente na porção distal dos mesmos. Foi pensado em quadro de ateroembolia. Diante desta hipótese diagnóstica, faria parte das alterações esperadas a presença de:
Considerando o monitoramento do ritmo cardíaco, a parada cardiorrespiratória na criança ocorre mais frequentemente com o ritmo em
Compartilhar