Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Hematologia

Quanto ao tratamento da angina instável e do infarto agudo do miocárdio sem supradesnivelamento do segmento ST, é CORRETO afirmar:

A
A heparina convencional é semelhante à enoxaparina no desfecho combinado morte/infarto do miocárdio, independentemente do escore de risco de TIMI. A segunda droga, entretanto, apresenta maior facilidade na maneira de administração.
B
A morfina não deve ser realizada como rotina, mas habitualmente deve ser empregada em pacientes com dor persistente apesar de nitratos e beta-bloqueadores.
C
Os nitratos endovenosos, mas não os sublinguais, são contraindicados se o paciente tiver feito uso de sildenafil nas últimas 24 horas.
D
A combinação de clopidogrel e aspirina aumenta o risco de sangramento e não reduz mortalidade. Não é, portanto, indicada.
E
A heparina deve ser ajustada para que se atinja um valor de TTPa entre 2 e 3 vezes o valorcontrole.
Uma paciente com 29 anos apresenta quadro clínico, iniciado há oito meses, de dor pélvica contínua, de caráter progressivo, agravando-se no período menstrual e sem melhora após o uso de vários analgésicos e anti-inflamatórios não-esteroides. Os exames indicados para conclusão diagnóstica são:
Menina de 3 anos de idade é levada ao serviço de emergência devido à prolapso retal e anemia. O agente etiológico relacionado a este quadro é:
Paciente de dois anos no pós operatório de TU cerebral apresenta sonolência e hiponatremia persistente (Na = 130). Entre as alternativas abaixo assinale aquela que menciona a complicação mais comum e a conduta mais adequada:
São drogas utilizadas para o tratamento de resgate da asma aguda na criança, exceto:
Compartilhar