Questões na prática

Clínica Médica

Dermatologia

Dermatologia

Quanto ao tratamento das dermatofitoses, assinale a alternativa INCORRETA.

A
Podem ser necessários antifúngicos orais na tínea dos pés recalcitrante.
B
Na prescrição de agentes tópicos, deve-se indicar aplicação 2 vezes ao dia e continuar o tratamento até uma semana após a cura clínica da infecção.
C
A terbinafina pode produzir interações medicamentosas graves com outros fármacos metabolizados pelo sistema enzimático P450 e hipoglicemiantes orais.
D
A tínea do couro cabeludo com inflamação intensa pode levar à formação de cicatriz e perda de cabelos. Os glicocorticoides ajudam a prevenir essas sequelas.
E
O tratamento tópico tende a ser ineficaz como monoterapia na tínea de couro cabeludo e na onicomicose.
Marco, 8 anos, há 48 horas com febre, coriza, edema palpebral acentuado, associado a rubor, dor e calor das pálpebras superior e inferior esquerdas. O diagnóstico diferencial envolve celulite pré-septal e celulite orbitária. Assinale qual dos achados abaixo tornaria mais provável o diagnóstico de celulite orbitária:
Um lactente de 2 anos de idade chega ao pronto-socorro com quadro de febre de 39°C e crise convulsiva tônicoclônica generalizada. A crise dura menos de 5 minutos. Apesar da agressiva terapia antitérmica, aplicada pela mãe, a criança já apresentou outros três episódios de convulsão febril no último ano. Das drogas abaixo, a que melhor pode reduzir o risco de novas crises convulsivas febris é
Um lactente sadio, de quatro meses de idade, chega a um posto de saúde para atualizar seu calendário de vacinas. O mesmo recebeu apenas uma dose da vacina BCG e uma dose da vacina contra Hepatite B, ao nascer. De acordo com o calendário do Programa Nacional de Imunizações (PNI), que vacinas devem ser administradas a esse lactente neste momento?
Os pacientes portadores de doença arterial carotídea podem apresentar manifestações clínicas com graus variados, exceto:
Compartilhar