Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Recém-nascido a termo , de mãe primípara, sem intercorrências no pré-natal e no parto, com 6 horas de vida, está tendo dificuldade com a amamentação. Criança não urinou nem evacuou. Ao exame, o único sinal observado foi icterícia em face e parte superior do tronco. O diagnóstico provável e a conduta são:

A
Icterícia fisiológica - apenas observar;
B
Icterícia por déficit de ingestão láctea - suplementação de leite humano de banco de leite;
C
Icterícia por circulação êntero-hepática aumentada - fazer radiografia simples de abdômen;
D
Icterícia por hiperemólise - verificar tipo sanguíneo, Rh e teste de Coombs da mãe e do recém-nascido.
Com relação as afecções do trato geniturinário na infância, assinale a alternativa INCORRETA.
Com relação à doença arterial obstrutiva crônica dos membros inferiores, assinale a a lternativa INCORRETA.
A Síndrome de Kassabach-Merritt caracteriza-se por:
Um homem de 46 anos de idade comparece à Unidade Básica de Saúde (UBS) queixando-se de episódio de vômito em grande quantidade, com sangue vivo, há um dia, após libação alcoólica. Nega episódio similar anterior , mas já foi internado para "tratar doença no fígado" (sic). Hoje apresentou fezes diarreicas em grande volume, fétidas e enegrecidas. Sente-se fraco e a "vista escurece" sempre que se levanta. Ainda não urinou hoje. Ao exame físico: regular estado geral, emagrecido, palidez cutâneo-mucosa (++/4+), desidratado (+++/4+), anictérico, descamação superficial da pele em extremidades, P A = 90 x 60 mmHg, pulso = 110 bpm, abdome globoso, presença de ascite, aranhas vasculares e circulação colateral periumbilical. O paciente foi transferido para uma Unidade de Emergência, onde se firmou o seu diagnóstico e foram tomadas as medidas emergenciais adequadas ao caso. Qual o diagnóstico mais provável e que medidas emergenciais devem ter sido adotadas?
Compartilhar