Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Recém-nascido a termo, nascido de parto normal, Apgar 8/9, não necessitou de manobras de reanimação. Apresentou desconforto respiratório sendo encaminhado para UTIN, com melhora do quadro nas primeiras horas de vida. Evoluiu com sangramento em locais de punção venosa, coto umbilical e intestinal. Mãe epilética em uso de fenitoína durante a gravidez. A hipótese diagnostica mais provável para o caso é:

A
Púrpura amegacariocítica congênita.
B
Coagulação intravascular disseminada.
C
Hemofilia A.
D
Síndrome Hemorrágica do recém-nascido.
E
Tocotraumatismo.
Um recém-nascido do sexo feminino, com peso de nascimento de 3.100 g manifesta, com 12 horas de vida, icterícia em face e tronco até a região mamilar e a medida da bilirrubina transcutânea revela valor de 7,2 mg/dL. Está corado, sem outras alterações ao exame físico. A classificação da icterícia pelos critérios de Kramer, a principal hipótese diagnóstica e a conduta terapêutica inicial são, respectivamente,
A cardiopatia congênita cianogênica mais frequente no período neonatal é:
Em relação à resposta endócrina no trauma é correto afirmar, que ocorre aumento de todos abaixo, exceto:
Você está de plantão em um pronto-socorro e faz um diagnóstico de oclusão arterial aguda do membro inferior direito de um paciente de 60 anos, fumante e portador de fibrilação atrial. Qual a sua conduta imediata?
Compartilhar