Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Recém-nascido a termo, nascido de parto normal, Apgar 8/9, não necessitou de manobras de reanimação. Apresentou desconforto respiratório sendo encaminhado para UTIN, com melhora do quadro nas primeiras horas de vida. Evoluiu com sangramento em locais de punção venosa, coto umbilical e intestinal. Mãe epilética em uso de fenitoína durante a gravidez. A hipótese diagnostica mais provável para o caso é:

A
Púrpura amegacariocítica congênita.
B
Coagulação intravascular disseminada.
C
Hemofilia A.
D
Síndrome Hemorrágica do recém-nascido.
E
Tocotraumatismo.
Um homem de 52 anos de idade recorreu ao pronto-socorro de um hospital geral, queixando-se de intensa dor epigástrica com irradiação para região dorsal e vômitos que tiveram início cerca de 10 horas após o almoço. A avaliação clínica mostrou frequência cardíaca de 112 bpm, pressão arterial de 110 mmHg x 75 mmHg. Os exames cardiovasculares e respiratórios não apresentam alterações. O exame do abdome mostrou ruídos hidroaéreos normais, moderada dor na região epigástrica, ausência de hepatoesplenomegalia, ausência dos sinais de Cullen de Blumberg de Jobert de Giordano e de Torres Homem. A avaliação laboratorial mostrou 16.500 leucocitos/mm³, hematócrito de 48% no hemograma, amilase sérica - 1.520 unidades por litro (U/L) - valores de referência: 20-125 U/L - lipase sérica = 2.800 U/L (valores de referência: 20-125 U/L), transaminase pirúvica = 180 U/L (valores de referência: 10-40 U/L), cálcio sérico, albumina, trigliceridios, eletrólitos, ureia e creatinina dentro da normalidade. O eletrocardiograma convencional mostrou apenas taquicardia sinusal. Tendo em conta o caso clínico descrito no texto, as potenciais complicações clinicas que podem ocorrer no paciente incluem o(a): I- síndrome do desconforto respiratório. II- insuficiência renal aguda. III- ascite. IV- diabetes melito permanente. V- síndrome de resposta inflamatória sistêmica. A quantidade de itens corretos é igual a:
Com relação à hipercalcemia, julgue os itens a seguir. I- Pode ser causada por hipoparatireodismo. II- Associa-se ao desenvolvimento de diabete insípido nefrogênico. III- Em pacientes com essa anormalidade, e possível observar encurtamento do intervalo QT no eletrocardiograma. IV- O espasmo laríngeo e o sinal de Trousseau são manifestações clínicas associadas a esse distúrbio. V- O uso de beta-2 agonistas por via inalatória é útil no tratamento agudo dessa alteração eletrolítica, até que a causa primária seja controlada. Estão certas apenas os itens:
É indicado o uso de trombólise intravenosa em paciente que tenha recebido o diagnóstico de acidente vascular cerebral isquêmico, e que apresente:
O tratamento cirúrgico preferencial para as estenoses biliares benignas, decorrentes de fibrose pós-cirúrgica, que ocorrem ao nível da confluência dos ductos biliares, é:
Compartilhar