Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Recém-nascido a termo, sem fator de risco identificado à anamnese perinatal, nasceu hipoativo, com hiporreflexia e frequência cardíaca de 120 bpm. Sem sinais de cianose central, apresentava-se, porém, em apneia. O índice de APGAR foi 5 no primeiro minuto. Inicialmente, foi feita estimulação tátil, enquanto a boca e as narinas eram aspiradas. Em seguida, procedeu-se a ventilação com pressão positiva e oxigênio no sistema de balão autoinflável e máscara. Após 30 segundos, a criança continuava sem resposta, mantendo-se com boa frequência cardíaca e rosada. A ventilação foi mantida por mais 30 segundos, porém a apneia persistia, e houve queda da frequência cardíaca (90 bpm). A mãe recebera mepivacaína e fentanil na anestesia peridural. Com base nestes dados, a conduta mais adequada é administrar, por via intravenosa:

A
Adrenalina 1:10.000 na dose de 0,1 ml/kg.
B
Albumina na dose de 20 ml/kg.
C
Bicarbonato de sódio molar na dose de 2 mEq/kg.
D
Naloxona (0,4mg/ml) na dose de 0,1 mg/kg.
E
Solução de ringer lactato na dose de 10 ml/kg.
Paciente do sexo masculino, 21 anos, procura o ambulatório de cirurgia geral devido a abaulamento em região inguinal direita diagnosticado durante exame físico de rotina. Nega queixas significativas na região. Ao exame físico apresenta abaulamento com conteúdo redutível a pressão externa e com exteriorização durante manobra de Valsava na região inguinal direita. Refere ser tabagista 5 maços/ano, sem cirurgias prévias. Em relação à hérnias umbilicais, é correto afirmar que:
Paciente de 28 anos, grávida com 32 semanas de gestação, é vítima de acidente automobilístico com trauma abdominal contuso. Dá entrada no setor de emergência torporosa com insuficiência respiratória e choque circulatório. A respiração apresenta roncos e estridores. O murmúrio vesicular está diminuído à esquerda. Entre as medidas a serem tomadas no atendimento, é prioritária:
Lactente de 18 meses foi atendido há dois dias na emergência com quadro de pneumonia, sendo liberado para tratamento domiciliar com amoxicilina, 50 mg/kg/dia que vinha sendo feito conforme as orientações adequadamente fornecidas. Voltou hoje, sem febre ainda tossindo como há dois dias atrás, com frequência respiratória de 51 ipm, apresentando também retração subcostal, qual a conduta a ser tomada:
A respeito do desenvolvimento neuropsicomotor da criança normal, no primeiro ano de vida, são corretas as afirmações abaixo, EXCETO:
Compartilhar