Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Recém-nascido aparentemente sadio recebe alta do alojamento conjunto com 36 horas de vida. Em retorno ambulatorial com 74 horas de vida, apresenta-se ictérico zona IV, com perda de 12% do peso de nascimento e em aleitamento materno exclusivo.Tipagem sanguínea da mãe: O positivo e do RN: A negativo. Mãe de 27 anos, primigesta, com história de infecção urinária tratada, sem controle de cura. Qual a provável etiologia da ictérica?

A
Doença hemolítica por incompatibilidade RH.
B
Icterícia por aleitamento materno inadequado.
C
Doença hemolítica por incompatibilidade ABO.
D
Icterícia do leite humano.
E
Ictericia por provável sepse neonatal.
Em relação à doença hipertensiva específica da gravidez (DHEG):
Primigesta, 15 anos de idade, com 35 semanas de gravidez, procura a maternidade com cefaleia, escolomas e pressão arterial de 150x100 mmHg. A melhor conduta, nesse caso é:
Recém-nascido pré-termo, sexo masculino, nascido de cesárea eletiva. Idade gestacional 36 semanas e 5 dias, pesando 2790 g, apresentando apgar de 8 e 9 no primeiro e quinto minuto, respectivamente. Logo após o nascimento, evoluiu com tiragem intercostal, gemência e dispneia, necessitando de oxigenioterapia. Realizado raio X de tórax, com presença de líquido nas fissuras interlobares, discreto aumento da área cardíaca e hiperaeração da trama broncovascular. Em relação ao Desconforto Respiratório, é correto afirmar:
MLS, 50 anos, feminina, foi consultar por quadro de fraqueza, dispneia e por notar sua pele mais amarela há quatro dias. Refere ter apresentado febre com tosse seca há uma semana. Agora se encontra afebril, com melhora da tosse. Ao exame físico, apresenta mucosas hipocoradas, ictéricas, acianóticas, PA = 110/70 mmHg, FC = 120 bpm. Não apresenta adenomegalias nem hepatoesplenomegalia. Ausculta pulmonar e cardíaca sem alterações, exceto taquicardia. Exames Laboratoriais: Hemograma: Hemácias = 2.500.000/mm³, Hb = 8,5g/dl, Hlco = 25%, Leucócitos = 10.000/mm³ (bast = 4%Seg, = 59%eos = 3% linf = 31% mon = 3%) Plaquetas = 210.000 mm³, Bilirrubina direta = 0,4mg/dl, bilirrubina indireta = 3,7mg/dl Coombs direto = positivo. Qual o diagnóstico mais provável e a conduta a ser tomada?
Compartilhar