Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Recém-nascido apresenta ao final do 1º minuto de vida frequência cardíaca 80bpm, choro fraco, reagindo à aspiração das vias aéreas com caretas, hipotonia generalizada e cianose central. Após os cuidados, ao final do 5º minuto, encontra-se com frequência cardíaca 130 bpm, chorando forte, reagindo à aspiração das vias aéreas com espirros e com as mãos, com hipotonia dos membros inferiores mas movimentando os superiores, mantendo a cianose central. Qual o score de Apgar no 1º e 5º minutos de vida, respectivamente?

A
4 e 7
B
3 e 7
C
4 e 8
D
3 e 8
E
2 e 7
Sobre o uso de FAST (Focused Assessment Sonography in Trauma) podemos confirmar as afirmativas exceto:
Em relação ao Tromboembolismo no ciclo gravídico puerperal:
Em relação ao leiomioma uterino:
MCR, freira de 72 anos, branca, asmática com história de uso crônico e intermitente de corticoides, hipertensa em uso de enalapril e hidroclortiazida, com Índice de Massa Corporal (IMC) de 19 Kg/m², sedentária, nuligesta, menopausa aos 46 anos e que nunca fez terapia de Reposição Hormonal. MCR foi submetida a exame de densilometria óssea com os seguintes resultados: ¾ Densidade Mineral Óssea (DMO) de L1-L4 de menos 3,7 desvios-padrão em relação à curva de massa óssea ajustada para adultos jovens e menos 2,9 desvios-padrão em relação à curva de massa óssea ajustada para a mesma idade, peso e sexo. 3/4 DMO de colo femoral de menos 1,4 desvios-padrão em relação à curva de massa óssea ajustada para adultos jovens e menos 1,0 desvios-padrão em relação à curva de massa óssea ajustada para a mesma idade, peso e sexo. Quanto ao diagnóstico densitométrico, pode-se afirmar que a paciente tem:
Compartilhar