Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Endocrinologia

Recém-nascido de 2 semanas de vida, genitália ambígua, dá entrada no pronto-socorro com dificuldade alimentar, vômitos e letargia há uma semana. Ao exame: temperatura = 37ºC, frequência cardíaca = 170bpm, frequência respiratória = 60ipm, PA =56 x 30 mmHg, fontanela deprimida, olhos encovados, turgor pastoso e enchimento capilar de 4 segundos. Qual dos seguintes resultados laboratoriais é compatível com o paciente em questão?

A
pH = 7,20; PCO2 = 22mmHg; HCO3 = 8mEq/L; Na = 158mEq/L; K = 5,5mEq/L; Cl = 120mEq/L.
B
pH = 7,10; PCO2 = 60mmHg; HCO3 = 18mEq/L; Na = 132mEq/L; K = 5,5mEq/L; Cl = 92mEq/L.
C
pH = 7,5; PCO2 = 60mmHg; HCO3 = 50mEq/L; Na = 124mEq/L; K = 3,2mEq/L; Cl = 86mEq/L.
D
pH = 7,5; PCO2 = 22mmHg; HCO3 = 20mEq/L; Na = 142mEq/L; K = 3,2mEq/L; Cl = 100mEq/L.
E
pH = 7,0; PCO2 = 22mmHg; HCO3 = 5mEq/L; Na = 124mEq/L; K = 6,5mEq/L; Cl = 86mEq/L.
Em relação à intubação traqueal, podemos afirmar:
Homem, 20 anos, vítima de atropelamento, com fratura grave de pelve e choque grau IV, foi submetido à laparotomia exploradora (negativa) e fixação externa da bacia. Foi admitido na UTI 3 horas após o acidente, intubado, sedado e sob ventilação mecânica, apresentando PA 100 X 60, pulso 120 bpm, diurese 50 ml e abdome tenso, tendo recebido transfusão de 4 concentrados de hemácias e infusão de 3.000 ml de SF 0,9%. Tendo em vista uma provável síndrome compartimental abdominal, assinale a conduta MAIS adequada:
Analise as afirmações abaixo listadas e assinale a alternativa CORRETA: I. A primeira opção terapêutica no tratamento medicamentoso das epilepsias primariamente generalizadas é o valproato de sódio ou divalproato de sódio. II. A carbamazepina pode causar diminuição dos níveis de carnitina livre no sono por inibição plasmalêmica de carnitina. III. Os espasmos infantis geralmente têm início entre 15 e 24 meses de vida e se caracterizam por contrações simétricas do pescoço, do tronco e das extremidades. IV. As crises parciais são responsáveis por uma grande proporção das crises infantis chegando até em 40% dos casos em algumas séries. V. A crise de ausência típica é caracterizada eletroencefalograficamente por descargas generalizadas e síncronas tipo complexo espícula-onda 3 ciclos/segundo.
São cardiopatias acianogênicas com hipervolemia e hipofluxo pulmonar, EXCETO:
Compartilhar