Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Recém-nascido pré-termo com 1.850 g, apresentou escore de apgar 9 no primeiro minuto e 10 no quinto minuto. O parto foi por via vaginal. A mãe realizara exames no último trimestre de gestação que revelaram VDRL 1:2. FTA- Abs não reagentes, toxoplasmose IgG e IgM não reagentes anti-HIV negativo e HBsAg positivo. Além das precauções-padrão quanto aos cuidados do recém-nascido. Que outras medidas devem ser implementadas?

A
Incentivo ao aleitamento materno, vacina contra hepatite B e dosagem de VDRL.
B
Incentivo ao aleitamento materno, vacina contra hepatite B e administração de imunoglobulina hiperimune por via intramuscular nas primeiras 12 horas da vida.
C
incentivo ao aleitamento materno, avaliação sorológica para sífilis e toxoplasmose e vacina contra hepatite B.
D
avaliação sorológica para toxoplasmose, sífilis, hepatite B e HIV, estando contraindicado o aleitamento materno.
E
Administração de imunoglobina hiperimune por via intramuscular nas primeiras 12 horas de vida, estando contraindicado o aleitamento materno
Homem 82 anos, tabagista desde os 25 anos, diabético tipo II e hipertenso com uso irregular de captopril. Há 24 horas apresentou dor aguda de forte intensidade e progressiva em região torácica posterior, Nega dor semelhante prévia. Nega claudicação intermitente. Ao exame físico: consciente e orientado, pressão arterial de 200 x110 mmHg, frequência cardíaca de 77 bpm, pulsos palpáveis e simétricos em membros superiores, em em membros inferiores os pulsos distais estavam diminuídos, porém simétricos. O eletrocariograma da admissão era sugestivo de sobrecarga ventricular esquerda. Foi internado, iniciada analgesia e otimizada a terapia anti-Hipertensiva. A dor torácica persistia após 48 horas, com pressão arterial de 140 x 80 mmHg e frequência cardíaca de 55 bpm. A figura abaixo mostra a radiografia de tórax e parte da tomografia. Qual o diagnóstico provável e a melhor conduta?
Criança com coceira frequente nos olhos, pele palpebral macerada, conjuntiva cronicamente congestionada e de coloração "vermelho salmão", associados à secreção mucosa, induzem ao diagnóstico de:
Considere as assertivas abaixo sobre abscesso peritonsilar. I - São mais frequetes em adultos jovens e adolescentes. II - Deve-se suspeitar de sua presença em pacientes com febre, dor intensa unilateral, sialorreia e trismo. III - Deve-se tratar com punção com drenagem, antibioticoterapia e/ou tonsilectomia, dependendo da história pregressa e da idade do paciente. Quais são corretas?
Pré-escolar de quatro anos, sexo masculino, e encaminhado ao ambulatório, pois a professora notou discreto desvio ocular à D há 30 dias. Nascido de parto prematuro: 34 sem, P: 2 Kg. Necessitou de oxigênio por 18 h devido a desconforto respiratório. Alta com 3 dias de vida. Mãe nega infecções durante a gestação. Ao ex.físico: estrabismo com esotropia D e reflexo pupilar embranquecido. A hipótese mais provável é:
Compartilhar