Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Recém-nascido pré-termo com 1.850 g, apresentou escore de apgar 9 no primeiro minuto e 10 no quinto minuto. O parto foi por via vaginal. A mãe realizara exames no último trimestre de gestação que revelaram VDRL 1:2. FTA- Abs não reagentes, toxoplasmose IgG e IgM não reagentes anti-HIV negativo e HBsAg positivo. Além das precauções-padrão quanto aos cuidados do recém-nascido. Que outras medidas devem ser implementadas?

A
Incentivo ao aleitamento materno, vacina contra hepatite B e dosagem de VDRL.
B
Incentivo ao aleitamento materno, vacina contra hepatite B e administração de imunoglobulina hiperimune por via intramuscular nas primeiras 12 horas da vida.
C
incentivo ao aleitamento materno, avaliação sorológica para sífilis e toxoplasmose e vacina contra hepatite B.
D
avaliação sorológica para toxoplasmose, sífilis, hepatite B e HIV, estando contraindicado o aleitamento materno.
E
Administração de imunoglobina hiperimune por via intramuscular nas primeiras 12 horas de vida, estando contraindicado o aleitamento materno
O carcinoma esofágico caracteriza-se por:
Em relação à ascite é CORRETO afirmar:
Gabriel, 10 anos, chegou à emergência do IJF com uma síndrome colinérgica (miose, bradicardia, acúmulo de secreções e fibrilação muscular. Por favor, marque a opção que exibe um agente capaz de ocasionar esse tipo de intoxicação:
Hiroito, 3 anos, compareceu ao consultório de sua pediatra com quadro de febre há mais de cinco (05) dias, a qual não respondeu ao uso de antibióticos, lesões orolabiais, hiperemia conjuntival, não exsudativa, exantema eritematomaculopapular, além de trombocitose. O garoto evoluiu com aneurisma coronariano. Qual a hipótese diagnóstica MAIS PROVÁVEL?
Compartilhar