Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Recém-nascido pré-termo com 1.850 g, apresentou escore de apgar 9 no primeiro minuto e 10 no quinto minuto. O parto foi por via vaginal. A mãe realizara exames no último trimestre de gestação que revelaram VDRL 1:2. FTA- Abs não reagentes, toxoplasmose IgG e IgM não reagentes anti-HIV negativo e HBsAg positivo. Além das precauções-padrão quanto aos cuidados do recém-nascido. Que outras medidas devem ser implementadas?

A
Incentivo ao aleitamento materno, vacina contra hepatite B e dosagem de VDRL.
B
Incentivo ao aleitamento materno, vacina contra hepatite B e administração de imunoglobulina hiperimune por via intramuscular nas primeiras 12 horas da vida.
C
incentivo ao aleitamento materno, avaliação sorológica para sífilis e toxoplasmose e vacina contra hepatite B.
D
avaliação sorológica para toxoplasmose, sífilis, hepatite B e HIV, estando contraindicado o aleitamento materno.
E
Administração de imunoglobina hiperimune por via intramuscular nas primeiras 12 horas de vida, estando contraindicado o aleitamento materno
As questões 31 e 32 referem-se ao CASO CLÍNICO descrito abaixo. CASO CLÍNICO: Homem de 62 anos, grande fumante, normotenso e com índice de massa corporal de 32, apresenta os seguintes resultados de exames: Ureia: 80 mg%; Creatinina:3,2 mg%; Hematócrito: 28%; Colesterol total: 320mg%; HDL: 28; LDL: 170; EAS sem proteína, glicose, hemácias ou leucócitos. Sua principal hipótese para a disfunção renal detectada seria:
As questões 31 e 32 referem-se ao CASO CLÍNICO descrito abaixo. CASO CLÍNICO: Homem de 62 anos, grande fumante, normotenso e com índice de massa corporal de 32, apresenta os seguintes resultados de exames: Ureia: 80 mg%; Creatinina:3,2 mg%; Hematócrito: 28%; Colesterol total: 320mg%; HDL: 28; LDL: 170; EAS sem proteína, glicose, hemácias ou leucócitos. Que exame complementar, dentre os abaixo, você indicaria para tentar reforçar a hipótese diagnóstica sugerida:
Paciente admitida no pronto-atendimento com sangramento genital, dor em baixo ventre, e atraso menstrual de 2 meses. Ao exame, apresentava pressão arterial de 90 x 50 mmHg, descorada +2/+4, com sudorese, pulso arterial de 100 bpm, e sangramento pelo orifício externo do colo de moderada quantidade. Ao toque vaginal, o colo estava impérvio com útero discretamente aumentado. Realizado teste de gravidez qualitativo na urina que revelou resultado positivo. Com bases nesses dados, é possível formular a(s) seguinte(s) hipótese(s) diagnóstica(s), dentre as síndromes hemorrágicas do primeiro semestre da gravidez:
Os principais fatores responsáveis pela urticária aguda são:
Compartilhar