Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Pediátrica

Recém-nascido prematuro de 32 semanas, com Apgar 8 e 9 evoluiu com doença da membrana hialina. Está com 10 dias de vida com parâmetros respiratórios muito bons. Desde o 2º dia iniciou a alimentação enteral mínima por sonda nasogástrica, com boa aceitação e evacuação normal de mecônio. Há 2 horas apresentou letargia, palidez, taquicardia e distensão abdominal acentuada com drenagem de grande quantidade de líquido de estase pela sonda. Nota-se distensão dolorosa à palpação profunda, sem sinais flogísticos e o RX simples de abdome revela apenas distensão gástrica e opacidade no restante do abdome. O diagnóstico mais provável é:

A
Atresia de duodeno.
B
Doença de Hirschsprung.
C
Enterocolite necrosante.
D
Volvo de intestino médio.
Com relação à tuberculose, assinale a alternativa incorreta:
Todo recém-nascido, cuja mãe foi caso suspeito ou confirmado de rubéola durante a gestação, tem o diagnóstico de Síndrome de Rubéola Congênita confirmado na presença de malformações congênitas e, pelo menos, uma das seguintes condições:
Quando um paciente vítima de colisão de veículo apresenta o membro inferior encurtado, quadril em flexão, adução e rotação interna, devemos suspeitar de:
É característica inequívoca das neoplasias malignas.
Compartilhar