Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Hematologia

Obstetrícia

Reumatologia

Reconhece-se que a Síndrome Antifosfolipídeo (SAF) é associada a complicações obstétricas. Acerca desta associação podemos afirmar que:

A
Toda gestante com pré-eclâmpsia grave de início precoce e com crescimento intrauterino restrito sem causa devem ser investigadas;
B
Deve-se solicitar a dosagem de anticorpo anticardiolipina a todas as gestantes durante o pré-natal para o adequado manejo da síndrome;
C
Todas as pacientes que possuem anticorpo anticardiolipina, anticorpo antilúpico-coagulante ou anticorpo antibeta 2 – glicoproteina devem receber AAS e Heparina durante a gestação;
D
Todas as pacientes necessitarão do uso de corticosteroides em altas doses para prevenir fenômenos tromboembólicos.
Considere as afirmações abaixo sobre quimioprofilaxia para tuberculose em pacientes adultos HIV-positivos. I) Está indicada quando não há evidência de tuberculose ativa e a reação à prova tuberculínica é maior ou igual a 5 mm. II) Está indicada quando a radiografia de tórax é anormal, sugerindo cicatriz radiológica de tuberculose sem tratamento anterior, e a possibilidade de tuberculose ativa ter sido descartada. III) É feita com associação de isoniazida e rifampicina. Assinale a alternativa correta:
Paciente do sexo feminino 47 anos descobre em exame de rotina lesão de 8 x 7 cm ocupando os segmentos VII e VIII do fígado com diagnóstico tomográfico de hemangioma. A paciente é assintomática, porém está insegura, pois tem medo que a lesão malignize ou rompa espontaneamente. A melhor conduta seria:
Quanto a fisiopatologia, a gota é classificada como:
Paciente com história de acidente automobilístico, politraumatizado, dá entrada no pronto-socorro onde você é o(a) médico(a) responsável, trazido pela unidade básica de resgate, sendo relatada pelos socorristas a suspeita de pneumotórax hipertensivo à direita e choque circulatório. A sua conduta inicial neste caso será:
Compartilhar