Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Uma menina de 6 meses de idade chega ao pronto-socorro com história de febre há 2 dias, irritabilidade e anorexia, sem outros sintomas. O exame físico revelou: regular estado geral, discreta palidez cutaneomucosa e temperatura axilar de 38ºC, sem outras alterações. O hemograma revelou 19.500 leucócitos/mm³, com 20% de bastonetes e 70% de segmentados e a urina tipo I, colhida por sondagem vesical, revelou 230.000 leucócitos/mm³. Em relação a esse caso, pode-se afirmar que:

A
o mapeamento com DTPA é um bom exame para a confirmação de pielonefrite.
B
não há indicação de investigação radiológica, pois trata-se do primeiro episódio de infecção urinária em menina.
C
o número elevado de leucócitos, em urina colhida por sondagem vesical, confirma o diagnóstico de pielonefrite.
D
o agente etiológico mais provável é o Proteus sp.
E
o tratamento deve ser iniciado com antibiótico empírico, enquanto aguarda a urocultura para confirmação da infecção.
Um rapaz de 17 anos com antecedente de epilepsia desde os 5 anos, foi admitido com crises tonicoclônicas generalizadas, recorrentes, sem recuperação do nível de consciência entre as mesmas. Com relação ao quadro acima e em relação às síndromes epilépticas pode-se afirmar que:
Um paciente jovem, queixando-se de artrite, foi encaminhado pelo oftalmologista que identificou anéis de Kayser-Fleischer na córnea. Qual é o provável diagnóstico?
Assinale a opção INCORRETA, quanto às hepatopatias.
Um paciente, de 20 anos de idade, apresenta os seguintes resultados de exames laboratoriais: bilirrubinas totais: 2,5 UI/mL; bilirrubinas indiretas:2,0 UI/mL; bilirrubinas diretas: 0,5 UI/mL; transaminases normais; Fosfatase Alcalina e Gama GT normais. A untrassonografia de abdome revela fígado de aspecto preservado. Assinale a opção correspondente ao provável diagnóstico desse caso.
Compartilhar