Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Hepatologia

RN prematuro, com 1,8 kg, filho de mãe HbsAg+ deverá, EXCETO:

A
Receber 4 doses da vacina contra hepatite B (ao nascimento, com 2 kg, 1 mês após a 2ª e 6 meses após a 2ª)
B
Receber Imunoglobulina Hiperimune contra hepatite B nas primeiras 12 horas de vida
C
Receber leite materno da própria mãe.
D
Receber BCG normalmente
E
Ficar sem o leite materno da própria mãe até que seja devidamente imunizado.
Lactente, 4 meses, amamentada em seio materno, apresenta dificuldade de sucção. É constipada, não sustenta a cabeça, não sorri e dorme muito. Nasceu de parto domiciliar, não realizou testes neonatais de triagem nem vacinas. O peso de nascimento foi em torno de 4 kg, teve icterícia na face e tronco durante todo o 1º mês de vida, mas não foi tratada. Ao exame, a pele é fria e seca, a boca entreaberta, a fontanela anterior ampla; está hipoativa, hipotônica, e apresenta hérnia umbilical de 2 cm de diâmetro. Qual a hipótese diagnóstica mais provável para esta criança?
A medida da PA em crianças é uma oportunidade de identificar pré-hipertensão ou HAS, assim como estimar o risco de doenças cardiovasculares. A medida de PA deve ser realizada em crianças:
Criança com dois anos de idade, atendida no pronto-socorro com quadro de dor e perda de força no membro superior direito há 1 hora. Mãe refere que a criança ia cair e ela a segurou pelo antebraço. Ao exame, o antebraço se encontra em extensão e pronado. A conduta recomendada é redução:
No tratamento da obesidade mórbida, a operação de Capella consiste em:
Compartilhar