Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Pneumologia

Neonatologia

RN prematuro de 36 semanas, parto normal, bolsa rota 12 horas antes do parto, filho de mãe HIV positivo, P = 2400g, Apgar 2/6, com desconforto respiratório moderado; foi transferido para a UTIN e medicado com dieta zero, sonda nasogástrica aberta, hidratação venosa, oxigenoterapia 40% sob CPAP nasal é:

A
Zidovudina VO iniciada após liberar dieta, independente da sorologia do cordão.
B
Zidovudina VO na primeira semana de vida se o ANTI HIV do RN for positivo.
C
Zidovudina EV após 24 horas de vida, se o Anti HIV do RN for positivo.
D
Zidovudina EV iniciada nas primeiras 2 horas de vida independente da sorologia.
E
Aciclovir EV após 24 horas.
A respeito da insuficiência cardíaca congestiva (ICC), é incorreto afirmar que:
A hipertensão portal:
Severino de 34 anos, foi vítima de ferimento abdominal por arma de fogo no quadrante superior direito há 3 meses. Há 6 dias iniciou com melena e hoje apresentou um episódio de hematêmese, quando então procura o pronto-socorro. Ao exame constata-se uma icterícia ++/4. Qual a hipótese diagnóstica mais provável?
Durante consulta ambulatorial, um homem de 40 anos de idade relatou episódios recorrentes de dor intensa na região periorbitária direita, associados a hiperemia conjuntival, lacrimejamento, rinorreia e ptose palpebral que também ocorrem no lado direito; esses eventos têm duração de uma hora (dois episódios diários, geralmente noturnos e que acordam o paciente). Ele informou também que fica até duas semanas sem cefaleia. No exame clínico, constataram-se ptose palpebral, miose e ausência de sudorese na hemiface direita. Considerando as informações acima, julgue o item que se segue. A principal hipótese diagnóstica é cefaleia por arterite temporal (de células gigantes).
Compartilhar