Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

São características da insuficiência renal aguda pré-renal:

A
osmolaridade urinária variável, creatinina < 20mg/dl.
B
osmolaridade urinária > 500 mOs/L, cretinina < 20mg/dl.
C
creatinina > 40mg/dl e osmolaridade urinária = plasma.
D
osmolaridade urinária > 500 mOs/L, creatinina > 40mg/dl.
E
creatinina e osmolaridade urinária variáveis.
Jovem de 29 anos comparece ao posto de saúde queixando-se de dor de moderada intensidade no olho esquerdo há dois dias. Relata que a visão desse olho está turva. Ao exame, observa-se hiperemia apenas do olho esquerdo, especialmente na região pericorneana e ausência de secreção. A córnea se encontra clara, a resposta pupilar à luz é fraca. Diante desse quadro clínico, qual a principal hipótese diagnóstica?
Um projeto de pesquisa deseja estimar quantas vezes é maior o risco de desenvolver uma doença entre indivíduos expostos em relação aos não expostos, considerando uma doença de alta prevalência. Qual medida de associação deve ser calculada?
Mulher de 57 anos queixa- se de vertigens com duração de 30 segundos, principalmente ao se virar na cama, olhar para cima e ao se levantar. Nega queixas auditivas, alteração na coordenação motora ou força muscular. É hipertensa em uso de Enalapril 20 mg 2 vezes ao dia e Clortalidona 25 mg. Ao exame físico, apresentou-se corada, com pressão arterial 130x76 quando estava deitada e em pé, 114x70 mmHg, frequência cardíaca de 78 bpm, bom estado geral, corada, murmúrio vesicular presente sem ruídos adventícios, ritmo cardíaco regular sem sopro, força grau V simétrica, pares cranianos preservados, reflexos osteotendíneos normais, manobra de Dix-Hallpike positiva à direita. Em relação a essa paciente, a hipótese diagnóstica e o tratamento são, respectivamente:
Em qual das patologias abaixo deve ser indicada cirurgia pelo risco de malignização?
Compartilhar