Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Nefrologia

São corretas para se pensar no diagnóstico de síndrome nefrótica idiopática, EXCETO:

A
Proteinúria de 3,5 g por 1,73 m2 superfície corporal em 24 horas.
B
Hipoalbuminemia pela perda urinária e diminuição na produção.
C
Hiperlipidemia, com dislipidemia do tipo IIa e IIb, principalmente.
D
Hemácia dismórfica com cilindro hemático no parcial de urina.
E
Cilindro gorduroso e corpúsculo oval de gordura no parcial de urina.
Homem, 63a, queixa-se de dor nas pernas ao caminhar há 6 meses. Inicialmente, andava vários quilômetros sem dor, mas progressivamente foi piorando, sendo que agora não consegue mais que dois quarteirões sem dor, frequentemente com fraqueza nas pernas e formigamento nos pés, o que o obriga a parar para descansar e melhora após alguns minutos. A dor é bilateral, começa nas panturrilhas e estende-se para as coxas e glúteos. Interrogatório complementar: disfunção erétil. Antecedentes pessoais: tabagismo de um maço de cigarro ao dia há 50 anos. O diagnóstico é:
Homem, 28a, procura pronto socorro com dor intensa no pênis e ereção prolongada há cerca de 4 horas. Antecedente pessoal: anemia falciforme. A conduta é:
Homem de 60 anos apresenta claudicação em membro inferior direito para andar 50 metros. Há 1 mês, sofreu trauma em hálux direito que desencadeou ferida que ainda não cicatrizou. AP: tabagista, HAS e DM tipo II. EF: do membro inferior direito: presença de pulsos palpáveis (4+/4) até região de poplítea, sem pulsos distais. Além dos cuidados locais com a ferida, a conduta mais adequada deve ser
Considerando um paciente de vinte e oito anos de idade que apresente cólica renal aguda decorrente de litíase renal, julgue o item a seguir. O componente mais frequente de cálculo renal é o ácido úrico.
Compartilhar