Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

São características do abscesso piogênico do fígado:

A
proporção homem:mulher é 10:1.
B
viagem em área endêmica.
C
icterícia.
D
paciente jovem (entre 20-40 anos).
E
a abscesso é único em mais de 90%.
Considerando a importância da avaliação clínica e laboratorial pré-operatória no preparo de pacientes para operações eletivas, julgue o item a seguir. Se um paciente relatar casos de membros da família que apresentaram demora do efeito anestésico, isso poderá levar o anestesiologista a evitar o uso de succinilcolina como estratégia anestésica desse paciente.
Considere uma paciente feminina, 60 anos, internada na Unidade de Terapia Intensiva há 3 dias, com choque séptico em pós-operatório de colectomia à Hartmann por peritonite fecal por diverticulite. Recebe antibioticoterapia, está em ventilação mecânica, com instabilidade hemodinâmica. O balanço hídrico acumulado dos 3 dias é 16.000 ml. Apresentava boa diurese, porém, há 6 horas, está anúrica. A sonda vesical não está obstruída. Qual das seguintes condutas é mais adequada?
Assinale a alternativa incorreta:
Paciente masculino, 5 anos de idade, tem antecedente de fulguração de válvula de uretra posterior ao nascer, e usa anticolinérgico e alfabloqueador desde o primeiro ano de vida. Mãe refere que ainda não conseguiu tirar das fraldas. No último ano, teve 3 episódios de infecção urinária. Nos exames, constatou-se creatinina de 1,1, ureia de 70, potássio de 5,7 e bicarbonato de 13. O estudo urodinâmico evidenciou capacidade cistométrica máxima de 100 mL, resíduo urinário de 60 mL, pressão de perda de 50 cm H?O, com presença de contrações não inibidas a partir de 50 mL, e complacência diminuída. Qual é conduta MAIS correta para esse caso?
Compartilhar