Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

São critérios diagnósticos para a doença de Kawasaki todos os abaixo, exceto:

A
Conjuntivite bilateral purulenta.
B
Febre por 5 ou mais dias.
C
Alterações da mucosa oral (vermelhidão dos lábios e da orofaringe, língua em framboesa).
D
Edema de mãos ou de pés e descamação durante a convalescença.
E
Linfadenomegalia cervical (maior que 1,5 cm de diâmetro), usualmente dolorosa.
J.F.S., paciente do sexo masculino, com 40 anos de idade, casado, desempregado, residente no bairro de Nova Descoberta (Recife – PE), consome bebida alcoólica de forma abusiva. Foi diagnosticado como um caso novo de tuberculose pulmonar. Quando estava no final do 3º mês com o Esquema I (2RHZ/4RH), abandonou o tratamento e só retornou ao Serviço de Saúde após 6 meses. O médico que o atendeu deve indicar um novo esquema de tratamento para tuberculose, recomendado pelo Ministério da Saúde, que, além de rifampicina, isoniazida e pirazinamida, inclua:
Um paciente com 58 anos, do sexo masculino e com história de insuficiência coronariana, chega à emergência com quadro de dor precordial, em repouso, há cerca de 15 minutos. Apresenta sudorese e PA de 190 X 120 mmHg. Qual o diagnóstico mais provável e qual a conduta mais adequada que deve ser tomada para esse paciente?
Com relação à hiperplasia endometrial, não está correto afirmar:
Em um paciente de 30 anos, ventilando espontaneamente ao nível do mar e em ar ambiente, qual a pressão parcial de oxigênio arterial esperada?
Compartilhar