Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

São critérios diagnósticos para a doença de Kawasaki todos os abaixo, exceto:

A
Conjuntivite bilateral purulenta.
B
Febre por 5 ou mais dias.
C
Alterações da mucosa oral (vermelhidão dos lábios e da orofaringe, língua em framboesa).
D
Edema de mãos ou de pés e descamação durante a convalescença.
E
Linfadenomegalia cervical (maior que 1,5 cm de diâmetro), usualmente dolorosa.
Paciente de 4 anos de idade da entrada no ambulatório apresentando massa palpável em QSD, hematúria e hipertensão. Qual o diagnóstico provável?
Sobre Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade, considere as afirmativas abaixo: I. É um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. II. A prevalência é semelhante em diferentes regiões, o que indica que o transtorno é secundário a fatores culturais (as práticas de determinada sociedade), o modo como os pais educam os filhos ou resultado de conflitos psicológicos. III. São consideradas causas: corante amarelo; aspartame; luz artificial; deficiência hormonal (principalmente da tireoide) e deficiências vitamínicas na dieta. IV. O tratamento deve ser multimodal, ou seja, uma combinação de medicamentos, orientação aos pais e professores, além de técnicas específicas que são ensinadas ao portador. Quais estão corretas?
Sobre o diagnóstico da asma, assinale a alternativa INCORRETA:
Mulher, 24 anos de idade, negra, foi internada com quadro de adinamia, adenomegalia generalizada e febre, há duas semanas. O exame físico evidenciou a presença de pulso paradoxal. Os exames laboratoriais indicavam: Hb = 10,1 g/dl; glóbulos brancos = 3.000 céls/mm³; plaquetas = 180.000 céls/mm³; urina tipo I = hematúria, com cilindros granulosos. Radiografia de tórax = cardiomegalia, com presença de duplo contorno cardíaco. O melhor exame para confirmar o diagnóstico etiológico é:
Compartilhar