Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

São diagnósticos diferenciais de dor em fossa ilíaca direita no adulto, exceto:

A
Apendicite aguda
B
Tuberculose intestinal
C
Doença de Crohn
D
Doença inflamatória pélvica
E
Hérnia inguinal direita
Com relação à Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), correlacione as colunas abaixo e assinale a alternativa CORRETA: I. VEF1/CVF<70%; VEF1 entre 50 e 79% previsto; com ou sem sintomas. II. VEF1/CVF<70%; VEF1 "Maior ou Igual a" 80% previsto; com ou sem sintomas. III. PaO2 "Menor ou Igual a" 60mmHg; Sat.O2 "Menor ou Igual a" 90%; com falência cardíaca direita. IV. Broncodilatadores de longa duração + corticosteroides inalados + reabilitação, sem necessidade de O2 domiciliar. V. Corticosteroides sistêmicos + Oxigenoterapia. ( ) DPOC muito grave (grau IV). ( ) DPOC grave (grau III). ( ) DPOC moderado (grau II). ( ) DPOC exacerbado. ( ) DPOC leve (grau I).
Ataques espontâneos e inesperados de medo ou terror intensos, associados à sensação de morte iminente, duração aproximada de meia hora e frequência de uma ou duas vezes por semana. Com base no enunciado, assinale a alternativa que indica corretamente a que patologia o quadro clínico se refere.
São admitidos dois pacientes no pronto socorro com hipótese de intoxicação exógena, com as seguintes características clínicas: PACIENTE I: transpiração intensa; PA = 170 X 100 mmHg; pulso = 120 bpm; agitação; ressecamento de mucosas; T = 38 °C e episódio convulsivo. PACIENTE II: alteração do estado mental; respiração superficial; pupilas mióticas; pulso = 50 bpm e PA = 100 x 50 mmHg. Das abaixos, as drogas mais prováveis, como etiologia, são, respectivamente:
A ventilação artificial por pressão controlada, em ventilação assistida-controlada, tem como variáveis de disparo, limite e ciclagem, respectivamente:
Compartilhar