Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Cardiologia

São fatores de risco para o desenvolvimento da doença arterial coronariana, EXCETO:

A
níveis séricos muito reduzidos de fibrinogênio.
B
hiper-homocisteinemia.
C
níveis de colesterol HDL inferiores a 40 mg/dL.
D
infecção por Helicobacter pylori.
A respeito da estenose hipertrófica do piloro, é correto afirmar:
Em relação ao paciente com aterosclerose periférica e insuficiência arterial crônica dos MMII, considere as seguintes afirmativas: 1. As drogas que inibem a função plaquetária são utilizadas para diminuir a síndrome de reperfusão após a reconstrução arterial. 2. O tratamento clínico é preconizado preferencialmente nas fases I e II da classificação de Fontaine, na doença arterial crônica dos MMII. 3. O uso de antiplaquetários na doença arterial crônica não diminui a incidência de eventos cardiovasculares. 4. O fumo tem efeito aterogênico, vasoconstritor e trombogênico. 5. A proteção contra o frio é a medida mais eficaz para aumentar o fluxo sanguíneo no membro inferior com isquemia crônica. Assinale a alternativa correta.
Em relação à hematúria na infância, considere as seguintes afirmativas: 1. Hematúria é definida por excreção de quantidades anormais de eritrócitos intactos na urina. 2. Eritrocitúria dismórfica acompanhada de proteinúria anormal é sinal confiável de doença glomerular. 3. Doença policística renal, síndrome de Alport e doença falciforme são causas hereditárias de hematúria. 4. Testes urinários que utilizam fitas reagentes podem apresentar resultados falso-positivos para hematúria em caso de urinas alcalinas (com pH > 9). Assinale a alternativa correta.
Menino, 4 anos, foi internado no serviço de emergência pediátrica com diagnóstico de pneumonia e empiema pleural. O agente etiológico isolado na hemocultura foi o Streptococcus pneumoniae. No 5º dia de internação, apresentou ao exame físico: FC = 160 bpm; PA = 80 x 50 mmHg (PA sistólica = 60 mmHg durante a inspiração); T = 38,7ºC. Veias jugulares estavam ingurgitadas, as bulhas cardíacas praticamente inaudíveis, o murmúrio vesicular audível bilateralmente, mas diminuído nas bases, presença de estertores crepitantes nas bases, submacicez à percussão das bases. O fígado estava palpável a 6 cm da reborda costal direita, consistência aumentada. As extremidades estavam frias e a perfusão periférica era diminuída. Qual das hipóteses abaixo explica a presença desses dados clínicos?
Compartilhar